Casos ativos de Covid-19 sobem para 44 em Quatro Pontes

Quatro Pontes permanece numa crescente de casos ativos de Covid-19. Ontem (07), a Secretaria de Saúde, através do Setor de Epidemiologia, confirmou mais três casos, somando, agora, 44. De acordo com o boletim, outras 37 pessoas aguardam resultado de exame, duas estão em internamento clínico e duas na UTI, além de 167 pessoas isoladas. Outros dados do boletim englobam, até então, 632 casos confirmados, além de 580 pessoas curadas e oito óbitos.

A taxa de ocupação de UTI e enfermaria diminuiu na área de atuação da 20ª Regional de Saúde de Toledo, totalizando 96,77% e 42,11%, respectivamente, de acordo com o boletim de ontem. Não há pacientes aguardando vaga de UTI, mas para enfermaria há sete pessoas na espera de leito. Na macrorregião, são quatro pessoas aguardando leito de UTI e 15 em enfermaria.

Mesmo assim, a Secretaria de Saúde reforça que é indispensável à conscientização coletiva. Os cuidados essenciais devem ser mantidos diariamente, como usar máscara cobrindo completamente o nariz e a boca, manter o distanciamento de pelo menos dois metros e os ambientes bem ventilados, evitar reuniões/encontros, principalmente em locais com pouca ventilação, lavar as mãos frequentemente, usar álcool gel 70% e limpar e desinfetar objetos que são usados repetidamente.

Orientação

Mesmo que um grande número de pessoas já receberam a vacina contra a Covid-19, a Secretaria de Saúde salienta que não é hora de relaxar com os cuidados que evitam a disseminação do coronavírus. A atenção em situações cotidianas é necessária porque mesmo que a vacina ofereça uma grande proteção contra a Covid-19, principalmente nos casos mais graves da doença, a pessoa vacinada ainda pode contrair e disseminar o vírus. Além disso, a resposta do sistema imunológico só estará completa um mês após a aplicação das duas doses do imunizante e enquanto a maioria da população não estiver vacinada a possibilidade de contaminação ainda existe.

Operação Covid-19

O Comitê Gestor do Plano de Prevenção e Contingenciamento em Saúde Covid-19 retomou e segue com as ações de fiscalização na sede e interior do município. Trata-se da operação Covid-19, com canal de denúncias referente a aglomerações ou qualquer tipo de descumprimento das determinações de combate ao coronavírus. Os munícipes podem ligar ou enviar uma mensagem via WhatsApp para o telefone 99984-0432, que está sob a responsabilidade da dupla em plantão. Caso seja necessário, os fiscais terão apoio da Polícia Militar para realizar a averiguação das denúncias. 

O não cumprimento do disposto na lei municipal nº 2347/2020 acarretará na aplicação de sanções. Num primeiro momento será feita advertência. Não acatando o solicitado pelos fiscais, os mesmos aplicarão multa. Para as pessoas físicas e associações sem fins lucrativos, o valor é de R$ 200. Já para as demais pessoas jurídicas será cobrado R$ 500.

Da Assessoria