Construções avançam e mais 40 famílias ingressarão na casa própria em Pato Bragado

Os tijolos já foram postos, todas as paredes levantadas e junto com o telhado garantem proteção ao lugar que será o lar para 40 famílias de Pato Bragado, e o primeiro grande investimento tão sonhado e agora quase realizado. Com planos e vantagens especiais, por intermédio do programa Minha Casa Minha Vida da Caixa Econômica Federal, a previsão é de que até o fim do ano mais famílias conquistem a casa própria, mudando de endereço e tendo mais qualidade de vida.

A edificação das moradias de 53 m², todas com dois quartos, sala, cozinha, banheiro, varanda, área de serviço, laje e ótimo padrão de qualidade, ocorre no Loteamento Social 3. Os lotes foram doados pelo Governo Municipal que também providenciou a infraestrutura urbana necessária como a rede de água, rede de energia, iluminação pública, drenagem, pavimentação asfáltica, meio-fio e passeio em paver. Além disso, os futuros mutuários contam com outra vantagem que é a taxa de juros, considerada uma das menores do mercado habitacional.

ADIANTADA – Conforme o mestre de Obras da empresa responsável pela construção, a Plena de Bona Wild, Osmar Comin, os trabalhos estão adiantados e a previsão é que o conjunto residencial seja concluído até novembro de 2021. “Além de estarmos bem satisfeitos com o bom andamento, primando sempre pela qualidade dos materiais e eficiência no serviço, podemos garantir que as casas contam com excelente padrão de acabamento”, salienta.

No cenário atual, segundo o mestre de obras, as moradias passam pela fase de acabamento, com reboco, colocação de azulejos nas paredes e cerâmica no chão. “A próxima etapa já é a conclusiva e contempla a colocação de aberturas nas janelas e portas e a pintura”, completa.

Em março desse ano, 20 famílias de baixa renda receberam as chaves de residências construídas pela Itaipu Binacional, com área e infraestrutura por conta do Governo Municipal, portanto, a custo zero para os contemplados. Todas contam com sistema de energia solar, sendo que 16 possuem 31,89 m² e as demais 49 m².

NOVAS MORADIAS – Para o prefeito Leomar Rohden, o Mano, as 60 moradias são um passo importante, embora a administração esteja ciente de que várias famílias ainda sonham com a casa própria. “Estamos em busca de ações para amenizar essa situação. Temos mais uma área para construção de mais 25 unidades populares. Assim que tivermos aprovação desse loteamento, com licença ambiental, faremos a infraestrutura e contrataremos a construtora para construção estas unidades”, informa o gestor.

A intenção, de acordo com Mano, é beneficiar as famílias de baixa renda por intermédio da Cohapar ou Caixa Econômica Federal. “Para tanto também estaremos entrando em contato com o Governo do Estado para que auxilie no valor de entrada das residências para que então possamos fazer o chamamento público”, conclui o gestor.

PATO BRAGADO