Empresários se mobilizam pela liberação gradual de eventos em Santa Helena

O setor de eventos do município de Santa Helena encaminhou um ofício ao prefeito de Santa Helena, Evandro Grade (Zado) e ao Comitê de Enfrentamento à Covid-19. Além disso, uma reunião foi mantida na semana passada com o prefeito em busca de sensibilização para soluções quanto ao retorno das atividades após a paralisação decorrente de restrições no combate à Covid-19.

O documento encaminhado à Administração Municipal e ao Comitê, complementa o Ofício nº 097, emitido pela Associação Comercial e Empresarial de Santa Helena (Acisa), e representa proprietários de empresas do setor de eventos do município.

Conforme conteúdo do ofício, “reunindo informações de algumas empresas, identificou-se queda de 95% no faturamento e 70% de dispensa de funcionários, números bastante expressivos para a economia local”.

LIBERAÇÃO DE EVENTOS – Diante disso, segundo uma das empresárias que participou da reunião, Cristiane Nunes de Oliveira, a solicitação é para que, neste momento, pelo menos seja permitida a realização de eventos sociais e empresariais para 50 pessoas, conforme estabelece decreto estadual em vigor, conforme o ofício.

“Não é justo a esse setor manter-se fechado, considerando todos os eventos clandestinos que são realizados”, diz parte do texto. Após reunião na Acisa, representantes do setor decidiram ser importante, paralelamente à entrega dos documentos, os empresários se reuniram com o prefeito Evandro Grade para reforçar o pedido de adoção de medidas que permitam o retorno de eventos no município.

OFÍCIO DA ACISA – Pelo ofício anterior, protocolado pela Associação Comercial e Empresarial, houve proposta de liberação gradual. Conforme tabela de datas e público apresentados, a sugestão é a liberação de, 17 a 31 de julho: eventos sociais com até 75 convidados e eventos corporativos e empresariais com até 100 convidados. A partir de 1º de agosto, eventos sociais com até 130 convidados e eventos corporativos e empresariais com até 150 convidados.

A partir de 1º de setembro, eventos sociais com até 170 convidados e eventos corporativos e empresariais com até 200 convidados. A partir de 1º de outubro, eventos sociais com até 200 convidados e eventos corporativos com até 250 convidados, ou mais, dependendo da capacidade máxima do ambiente, até 70% de ocupação.

DELIBERAÇÃO – Com a proposta de retomada, os empresários aguardam pela deliberação do Comitê de Enfrentamento à Covid-19 quanto à sugestão de retomada gradual dos eventos, ou adoção do decreto estadual para o setor. A expectativa é pela emissão de um novo decreto na próxima semana.

SANTA HELENA