Marechal Cândido Rondon tem alto número de oportunidades de trabalho

O Banco de Talentos da Associação Comercial e Empresarial de Marechal Cândido Rondon (Acimacar) e a Agência do Trabalhador do município tem registrado nas últimas semanas um alto número de vagas de emprego disponíveis em diversas áreas da indústria, comércio e da prestação de serviços.

Juntas, as duas plataformas que divulgam oportunidades disponíveis no mercado de trabalho local somam, semanalmente, quase 300 vagas de emprego. “Esse número varia de um dia para o outro, mas nas últimas semanas tem se mantido muito próximo a 300 vagas, sendo que algumas estão há mais de três meses disponíveis”, detalha o presidente da Acimacar, Ricardo Leites de Oliveira.

Na visão do presidente da entidade, a dificuldade de as empresas conseguirem preencher as vagas de trabalho está, muitas vezes, relacionada a falta de qualificação profissional dos candidatos, tendo em vista que a pandemia do Covid-19 suspendeu agendas de capacitações de diversas entidades e instituições de ensino.

“Apenas no segundo semestre do ano passado, mais de 18 mil pessoas passaram pela Acimacar nos cursos e treinamentos que oferecemos e, neste ano essas capacitações foram suspensas logo no início do ano. Sem dúvida esse é um fator que colaborou para o aumento das vagas disponíveis, já que outras entidades e o Poder Público também suspenderam suas agendas”, comenta Leites.

 

PREJUÍZO ECONÔMICO E SOCIAL – Cidades da região, como Toledo e Cascavel, vivem essa mesma realidade, com diversas oportunidades de emprego disponíveis há várias semanas.

Para o presidente da Acimacar, tal situação é preocupante devido aos prejuízos que podem ser causados aos empresários, ao município e a população.

“Por não ter o trabalhador qualificado, a empresa pode deixar de fazer investimentos em equipamentos, por exemplo, ou não conseguir atender a demanda do mercado pela falta de equipe. Isso causa um impacto na arrecadação do município e nos consequentes investimentos feitos pelo Poder Público”, menciona. “Mais do que isso, temos o prejuízo social, das pessoas que, por não terem a correta qualificação, não conseguem entrar no mercado de trabalho para ter a própria renda”, complementa.

Assim como Leites, o Secretário de Indústria, Comércio e Turismo de Marechal Cândido Rondon, Sergio Marcucci, acredita que o recorrente alto número de vagas de emprego disponíveis no município tem relação direta com a falta de qualificação daqueles que se candidatam para a maior parte das vagas disponíveis.

 

“A falta de qualificação do trabalhador é uma grande dificuldade para as empresas que estão com vagas abertas e essa não é uma realidade somente de Marechal Cândido Rondon. Todavia, a população deve se atentar para as oportunidades de se qualificar e estar pronto para entrar no mercado de trabalho”, opina.

Segundo Marcucci, o Poder Público tem oferecido diversos cursos para capacitação de trabalhadores com base nas demandas das empresas de Marechal Cândido Rondon. “Queremos que as grandes empresas busquem prestadores de serviço aqui no nosso município e não fora. Capacitar as pessoas e fazer com que elas estejam aptas à atender a demanda das empresas é o verdadeiro compromisso que temos, permitindo que as pessoas tenham sua própria renda e, mais do que isso, sejam realizadas em seu ofício”, pontua o secretário.

 

CAPACITAÇÃO – Ainda que as determinações de distanciamento social tenham impactado na realização de cursos e treinamentos presenciais durante a pandemia do Covid-19, diversas entidades, instituições de ensino e o próprio Poder Público tem realizado capacitações online, muitas vezes gratuitas, que oportunizam à população o acesso a qualificação profissional.

“Acreditamos que não faltam pessoas para preencher essas vagas de emprego em nossa cidade. É por isso que incentivamos a população a buscar esses treinamentos online, tanto aqui na Acimacar quanto em instituições como Senac, Senai e Sebrae, além daqueles oferecidos pela Prefeitura de Marechal Cândido Rondon” completa o presidente da Acimacar.

Para algumas vagas, lembra Leites, infelizmente não é possível realizar a capacitação do trabalhador por meio de treinamentos virtuais, porém para muitas delas, as capacitações online são um grande diferencial no currículo do trabalhador. “É importante que os candidatos não sintam-se desestimulados pelo primeiro 'não' que receberem. As pessoas não devem desistir na primeira dificuldade, precisam ser otimistas, se mostrarem dispostas a aprender, esse é também um diferencial para você conseguir um emprego”, diz, salientando: “Busquem capacitações na internet, vejam os calendários de treinamentos online da Acimacar e outras entidades, se qualifiquem e não desistam, como vemos, as oportunidades estão disponíveis”.

 

COMO ME CANDIDATAR? – As vagas disponíveis no Banco de Talentos da Acimacar podem ser verificadas no site da entidade (www.acimacar.com.br), na Página do Facebook (facebook.com/Acimacar.MCR) e também no aplicativo da Acimacar. É por meio do app que o candidato pode acessar o sistema e cadastrar seu currículo, preenchendo todos os campos solicitados com informações de dados pessoais, escolaridade e experiência profissional. Depois, o candidato pode analisar as vagas disponíveis e enviar o currículo para vaga que deseja.

“A Acimacar serve como um intermediador entre o candidato e a vaga disponibilizada. Após ele submeter o seu currículo a vaga desejada, é a própria empresa que analisa o currículo e faz a seleção para a entrevista”, comenta Leites.

Já as oportunidades de emprego disponíveis na Agência do Trabalhador são divulgadas semanalmente em diversos meios de comunicação de Marechal Cândido Rondon. Para se candidatar a alguma vaga, o trabalhador pode realizar o agendamento online ou comparecer diretamente na Agência do Trabalhador com sua Carteira de Trabalho e currículo.

“Quando a pessoa busca uma vaga, o sistema faz o cruzamento de dados do trabalhador com as vagas disponíveis, indicando se ele está apto para determinada vaga ou não, mas a equipe da Agência do Trabalhador também realiza uma entrevista presencial antes de encaminhar a pessoa à empresa, para certificar que o trabalhador preenche os requisitos para determinada vaga”, explica Marcucci.

 

ACIMAR – A Associação Comercial e Empresarial de Marechal Cândido Rondon (Acimacar), com 52 anos de história, está com mais de 1.900 e é presidida pelo arquiteto e urbanista Ricardo Leites de Oliveira. Saiba mais: www.acimacar.com.br.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *