Máscaras de Ventilação Não Invasiva são repassadas pela Sicredi ao Hospital Vilela Caprioti

Nesta terça-feira (1º), o vereador Dante Mundt e o gerente da Sicredi, Ronald Schroeder repassaram ao Hospital e Maternidade Capriotti de Pato Bragado, duas máscaras de Ventilação Não Invasiva (VNI), por meio do projeto “Movimento Respirar”, criado em Marechal Cândido Rondon. A entrega foi realizada ao proprietário do hospital, clínico geral, Juan Rodolfo Rivas Vilela.

A aquisição das máscaras, ao custo de R$ 1.850,00 cada, foi promovida pela Sicredi a pedido do vereador, na intenção de minimizar a insuficiência respiratória aguda que está entre os principais problemas apresentados por pessoas com sintomas graves da Covid-19.

O vereador disse que ao verificar que em outros municípios, a entrega dos equipamentos contava com apoio da Sicredi, de imediato procurou o gerente que, prontamente, o atendeu. “Temos um quadro grande de associados no município e junto com os colaboradores estamos dispostos a fazer o melhor pelo município, principalmente diante do cenário atual com a falta de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) na região, discorreu Schroeder.

A preocupação em melhorar o quadro de saúde dos pacientes, foi enaltecida pelo proprietário do hospital. “Agradecemos porque estamos passando por momentos difíceis, com vários internamentos por Covid-19 e a vantagem dessa máscara em relação aos equipamentos tradicionais é que ela filtra todo o ar respirado pelo paciente, gerando menos risco de transmissão do vírus para os profissionais de saúde”, contou.

A ventilação não-invasiva ou VNI, consiste em um método para ajudar na respiração de uma pessoa, através de aparelhos que não são introduzidos no sistema respiratório, como é o caso da intubação que precisa de ventilação mecânica. Este método funciona facilitando a entrada de oxigênio pelas vias aéreas com a pressão de ar, que é aplicada com auxílio de uma máscara, que pode ser facial ou nasal.

PATO BRAGADO