Nova Santa Rosa celebra o Junho Violeta

Junho Violeta é um mês dedicado à proteção da pessoa idosa e tem a finalidade de repudiar todo ato de violência e denunciar os casos. Pensando nisso, a Administração Municipal de Nova Santa Rosa por meio da Secretaria de Assistência Social (CRAS, CREAS) e o Departamento de Cultura prepararam atividades para marcar a data: instalação de materiais na cor violeta em alguns pontos da cidade, atividades em pequenos grupos e a divulgação de um vídeo contendo fotos dos acervos pessoais (antes da pandemia do Covid-19) dos funcionários com seus familiares idosos. A singela homenagem também se estende a todos os idosos do município.     

Em 15 de junho de 2006 a ONU – Organização das Nações Unidas – e a Rede Internacional de Prevenção a Violência à Pessoa Idosa instituiu essa data devido o crescente número de casos de violência contra a pessoas com mais de 60 anos. A campanha tem o objetivo de abordar os tipos de violência e identificar situações de violência, negligência e abuso contra os idosos; pois, mais do que tratar os idosos com dignidade e respeito, é preciso denunciar casos de violência às autoridades, já que amor, culpa e vergonha muitas vezes impedem que os idosos denunciem os responsáveis por abusos, na sua maioria parentes ou pessoas próximas.

A violência contra idosos pode ser definida como qualquer ato, ou ainda a ausência de uma ação, que cause danos ou incômodo à pessoa idosa. Estão entre os casos mais comuns os abusos psicológicos, abusos financeiros, negligência, abusos físicos e os abusos sexuais. A negligência é a forma de violência mais relatada (41%), seguida da violência psicológica (24%); violência financeira (20%); violência física (12%); e violência institucional (2%). A mulher representa 66% das vítimas idosas e o ambiente doméstico 81%.

No Estatuto do Idoso em seu Art. 40 diz que “Nenhum idoso será objeto de qualquer tipo de negligência, discriminação, violência, crueldade ou opressão, e todo atentado aos seus direitos, por ação ou omissão, será punido da forma da lei.”

As denúncias de violência contra idosos podem ser feitas pelo Disque 100, que funciona 24 horas, inclusive aos finais de semana e feriados. As ligações são gratuitas, de qualquer telefone fixo ou móvel, e a denúncia pode ser anônima. Ou seja, se souber de um vizinho ou vizinha que esteja sendo vítima de violência, qualquer pessoa pode comunicar ao telefone de emergência. A central registra a denúncia, encaminha para a rede de proteção e responsabilização e monitora as providências adotadas para informar a pessoa denunciante o andamento do caso.

NOVA SANTA ROSA