Prefeito Valtinho solicita construção do segundo CRAS para Assis Chateaubriand

O prefeito Valtinho, acompanhado de Rodrigo Furlan, chefe de gabinete da SEAP- Secretaria de Administração e Previdência comandada por Marcel Micheletto, esteve na Secretaria da Justiça, Família e Trabalho do Estado do Paraná, onde tiveram uma reunião com o assessor especial Alexandre David de Lara. O atendimento aconteceu após um pedido especial do Secretário Marcel Micheletto.

Foi tratado sobre a construção do CRAS, e programas sociais para atender pessoas em vulnerabilidade social. A necessidade da construção de um segundo Centro de Referência da Assistência Social. O CRAS, construído no município, não é suficiente para atender toda a demanda, por este motivo, o prefeito Valtinho, entregou na Secretaria da Justiça, Família e Trabalho o projeto para construção deste equipamento fundamental para dar referência aos atendimentos sociais. “Quando assumimos, a secretária da Assistência Social e primeira-dama, Izabel Cristina Pereira Claro, informou a necessidade de um segundo CRAS, para darem atendimento a todos os chateaubriandenses que precisam desta atenção especial e por isso, nossa equipe montou o projeto, o qual foi entregue e estamos esperançosos na liberação da construção deste segundo CRAS”, frisou o prefeito.

O Centro de Referência de Assistência Social – CRAS é uma unidade responsável pela oferta de serviços de proteção básica do Sistema Único de Assistência Social (SUAS) nas áreas de vulnerabilidade e risco social dos municípios. Sua principal função é prevenir a ocorrência de situações de vulnerabilidade e riscos sociais. É a porta de entrada para os serviços de proteção social de famílias e indivíduos que vivem em situação de vulnerabilidade social, causada pela pobreza, privação e/ou fragilização de vínculos afetivos, de relacionamento familiar ou comunitário, e de pertencimento social.

É uma unidade pública municipal, localizada prioritariamente em áreas com maiores índices de vulnerabilidade e risco social, onde são ofertadas ações e serviços de proteção social básica, com o objetivo de fortalecer a convivência familiar e comunitária. O CRAS promove a organização e a articulação das unidades da rede socioassistencial e de outras políticas, possibilitando o acesso de famílias, seus membros e indivíduos aos serviços, benefícios e projetos de assistência social.

As pessoas têm suas necessidades e potencialidades identificadas, e são encaminhadas para a rede de serviços socioassistenciais, como os serviços de educação, saúde, obtenção de documentos e outros.

Cada CRAS tem uma capacidade de referenciar 3.500 famílias, hoje o município conta com apenas um CRAS, e com a implantação deste novo CRAS mais 3.500 famílias serão beneficiadas com a obra. Ainda não foi definido o local para a construção deste Centro de Referência.

Da Assessoria