Programa Oeste em Desenvolvimento realiza workshop e planejamento em Cascavel

O Programa Oeste em Desenvolvimento (POD) realiza hoje (1º) seu planejamento estratégico de trabalho e ações. O workshop havia sido planejado para o formato presencial, mas em razão do atual momento pandêmico será realizado em modelo híbrido. As seis Câmaras Técnicas que compõem o POD vão se reunir simultaneamente em diferentes cidades e ambientes para planejar e referendar suas ações. As inscrições foram restritas e já estão encerradas por razões sanitárias.

Este momento de retomada do trabalho das câmaras técnicas reúne alguns representantes das Câmaras Técnicas mas não todos os seus integrantes por questões sanitárias em função da pandemia do Covid-19. Posteriormente as demais lideranças e outros importantes protagonistas nas respectivas áreas poderão acompanhar o trabalho das Cts.

O planejamento vai contar com a colaboração de tradicionais parceiros do POD como é o caso da Associação Comercial e Industrial de Cascavel (Acic) que será o ponto central para as conexões e logística necessários para o evento misto.

Outro importante parceiro para a realização deste evento é o Sebrae-PR – Escritório Regional Oeste que dará apoio tanto em Cascavel como em Foz do Iguaçu. Inclusive o Sebrae vai disponibilizar consultor e apoio especializado para aplicar a metodologia do Planejamento Estratégico e disponibilizará o uso da sua própria plataforma digital para o momento do workshop.

As cooperativas Lar Agroindustrial e Frimesa que também apoiam e fortalecem a atuação do POD como programa de governança regional e o Biopark em Toledo também serão palco de encontro para as Câmaras Técnicas.

O Presidente do Programa Oeste em Desenvolvimento, Rainer Zielasko, destaca que mesmo diante de um momento desafiador é vital para o desenvolvimento regional e para a retomada que tudo esteja alinhado e que isso possa ser suporte para importantes decisões e ações. “A tecnologia vai permitir que todas estas instituições, parceiros, voluntários e entidades unem-se para planejar e avaliar os próximos passos do POD e com isso fortalecemos as iniciativas que seguiram prospectando sinergicamente o desenvolvimento em todas as áreas”, afirma.

DESAFIOS – Rainer Zielasko lembra que atualmente o POD enfrenta uma verdadeira batalha contra o modelo de concessão de pedágio apresentado e defendido pelo Governo Federal, mas que essa não é a única linha de frente que o Programa Oeste em Desenvolvimento protagoniza. “O nosso trabalho é realizado em várias frentes, um dos exemplos disso é a recente conquista da certificação de área livre da aftosa sem vacinação, uma batalha árdua e muito produtiva que aconteceu também pelo grande empenho de forças do POD e todos os seus parceiros”, enfatiza.

“Vivemos em um tempo diferente e que vai exigir atitudes e ações planejadas para que possamos avançar como sociedade e também como setor produtivo. Não perder de vista o processo de inovação e conectividade que não pode retroceder e muito menos estagnar.  O Programa Oeste em Desenvolvimento faz diariamente o exercício de olhar para esse cenário afim de propor soluções para que a Região Oeste siga seu próspero e sustentável crescimento”, resume.

CASCAVEL