Chegada de novas vacinas amplia imunização da população

A 20ª Regional de Saúde (RS) de Toledo recebeu, na tarde de terça-feira (18), mais um quantitativo de vacina contra o novo coronavírus (Covid-19). São 8.135 doses que serão destinadas para os grupos que já receberam a primeira dose e também para dar continuidade a vacinação das pessoas com comorbidades.

O chefe da RS Alberi Locatelli explica que a distribuição aos 18 municípios foi realizada assim que o novo lote chegou. “Essa remessa de vacina é importante, porque nós notamos que os números de casos e internamentos por conta da doença voltaram a subir em maio, após queda em abril. Então essa vacina é importante para continuar a imunização da população”.

Parte das vacinas que foram enviadas é para suprir o déficit da segunda dose de esquemas vacinais já iniciados. “Os déficit de segunda dose é para solucionar com esta remessa que chegou”, explica Alberi.

Na 20ª RS, até a última quarta-feira (19), foram vacinadas 79.665 pessoas com a primeira dose contra a Covid-19, o que corresponde a 85% das doses distribuídas de um total de 93.695. Em relação a segunda dose, 44.148 pessoas foram imunizadas, cerca de 78,9% do total de doses distribuídas, aproximadamente 55.950. Os dados são do Vacinômetro, divulgados pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa).

Alberi esclarece que uma parcela das pessoas dos grupos prioritários ainda está resistente em relação a vacinação, por isso não é possível estimar se todos que estão dentro dos grupos prioritários foram vacinados. “A divulgação na mídia é diária, mas não tem como obrigar”, pondera.

IMUNIZANTE – Na terça-feira (18), o Estado do Paraná recebeu uma nova remessa da vacina da norte-americana Pfizer. O imunizante produzido pela Pfizer/BioNTech necessita de cuidados específicos na sua logística. A longo prazo, eles precisam de armazenamento a -70°C, temperatura que requer freezers de alta performance.

No entanto, a vacina pode ficar armazenada a -20°C por até duas semanas e ainda entre 2º e 8ºC por até cinco dias. Estas janelas de intervalo possibilitam que, seguindo os prazos corretos, a vacina seja aplicada em municípios que não estejam equipados com os freezers ultracongelantes. O terceiro lote dos imunizantes com mais 39.780 doses, será distribuído para as cidades de Ponta Grossa, Guarapuava, Foz do Iguaçu, Colombo, São José dos Pinhais, além de Curitiba.

Alberi cita que a 20ª Regional de Saúde não dispõe desses freezers de alta performance para o armazenamento da vacina da Pfizer e os equipamentos disponíveis já atendem outras vacinas como a da Influenza. O Município de Toledo protocolou, na segunda-feira (17), um pedido de envio da vacina mediante, uma vez que tem um acordo com a UFPR para armazenar o imunizante nos freezers da instituição. O pedido está em análise.

Da Redação*

TOLEDO

*Com informação da Assessoria