COVID-19, gripe ou resfriado: como diferenciar os sintomas

A COVID-19, a gripe e o resfriado são infecções virais que afetam o sistema respiratório e podem apresentar sintomas muito semelhantes como febre, dor de garganta, nariz entupido ou cansaço, por exemplo, o que faz com que muitas vezes possam ser confundidas.

No entanto, existem algumas diferenças entre essas infecções, desde o aparecimento dos primeiros sintomas, sua intensidade e a duração. Por isso, conhecer as principais diferenças entre a COVID-19, gripe e resfriado pode ser uma boa forma de saber quando é preciso ir ao hospital ou fazer um tratamento mais diferenciado.

Em qualquer caso, é sempre aconselhado ir ao médico para confirmar o diagnóstico e iniciar o tratamento mais adequado, que muitas vezes pode incluir o uso de remédios que só devem ser usados com a orientação médica.

Como diferenciar COVID-19, gripe e resfriado

Apesar de possuírem sintomas semelhantes e serem doenças do trato respiratório, a COVID-19, a gripe e o resfriado, apresentam algumas diferenças que devem ser levadas em consideração para uma melhor identificação da situação:

 COVID-19GripeResfriado
CausasCoronavírus SARS-CoV-2Vírus InfluenzaRhinovírus e outros semelhantes
Início dos sintomas após a exposição ao vírusGeralmente, em 5 dias, mas pode surgir de 2 a 14 dias 1 a 4 dias 1 a 3 dias
Intensidade dos sintomasLeves a severosIniciam de repenteIniciam gradualmente
Duração dos sintomasVaria para cada pessoa, podendo ser por longos períodos7 a 10 dias2 a 4 dias
CansaçoComumComum Às vezes
FebreComum, acima de 38º CComum, febre alta Febre baixa ou sem febre
TosseComum, geralmente seca e persistenteComum, geralmente secaModerado
Perda do olfato e/ou do paladarComum e inicia-se de repente e muitas vezes sem ter nariz entupido ou escorrendoRaroÀs vezes, geralmente associado ao nariz entupido ou escorrendo
Dor de cabeçaMenos comumComumRaro
Dor no corpoÀs vezesComumComum
Nariz entupido ou escorrendoRaroÀs vezesComum
Dor de gargantaÀs vezesÀs vezesComum
EspirrosAusenteAusenteComum
Falta de ar ou dificuldade para respirarComumAusenteAusente
DiarréiaÀs vezes, especialmente em criançasÀs vezes, especialmente em criançasAusente
Náuseas e vômitosÀs vezes, especialmente em criançasÀs vezes, especialmente em criançasAusente

Na presença desses sintomas, deve-se consultar um clínico geral para fazer uma avaliação detalhada e identificar o diagnóstico correto. Se o médico suspeitar de COVID-19, o diagnóstico precisa ser confirmado através do teste de RT-PCR que detecta a presença do coronavírus, ou não, nas vias respiratórias. Confira todos os testes indicados para a COVID-19

Além disso, independente da causa, deve-se sempre adotar medidas de higiene para evitar a transmissão dos vírus, como usar máscara, lavar as mãos e aplicar álcool gel com frequência, por exemplo, além de evitar contato com outras pessoas. 

Como é feito o tratamento 

O tratamento pode variar de acordo com o tipo de infecção. Nos casos de gripe e resfriado o tratamento pode ser feito em casa com repouso e hidratação, mas nos casos de COVID-19 é preciso ir ao médico, pois os sintomas iniciais podem se agravar em pouco tempo, sendo preciso orientação médica.

Além disso, sempre que se precisar utilizar remédios para aliviar algum sintoma, também se deve ir ao médico.

Nos casos mais graves de COVID-19, pode ser necessário internamento hospitalar e utilização de remédios mais específicos, indicados pelo médico, como remdesivir ou baricitinib, por exemplo. Veja todos os remédios aprovados para a COVID-19.

Da TUA SAÚDE