Saúde distribui imunizantes da última remessa da Pfizer para 32 municípios; veja divisão

O Governo do Estado distribui nesta segunda-feira (7) mais um lote do imunizante Cominarty, vacina contra Covid-19 produzida pelas fabricantes Pfizer/BioNTech. São 37.440 doses que chegaram ao Estado na última quinta-feira (3).

Esta é a remessa que será distribuída para o maior número de municípios até agora: são 32 cidades paranaenses. Destas, 12 recebem a Cominarty pela primeira vez. Com isso, as vacinas chegarão a 19 das 22 Regionais de Saúde do Estado.

Os municípios contemplados são: Paranaguá, Almirante Tamandaré, Araucária, Campo Largo, Curitiba, Fazenda Rio Grande, Piraquara, São José dos Pinhais, Castro, Ponta Grossa, Guarapuava, São Mateus do Sul, União da Vitória, Pato Branco, Francisco Beltrão, Foz do Iguaçu, Cascavel, Campo Mourão, Umuarama, Paranavaí, Maringá, Apucarana, Arapongas, Cambé, Londrina, Cornélio Procópio, Jacarezinho, Santo Antônio da Platina, Guaíra, Marechal Cândido Rondon, Toledo e Telêmaco Borba.

A distribuição será realizada no período da tarde. Parte das Regionais buscará as doses por via terrestre, no Centro de Medicamentos do Paraná (Cemepar), onde estão armazenadas. São elas: Paranaguá, Metropolitana, Ponta Grossa, Guarapuava, União da Vitória, Pato Branco, Francisco Beltrão e Telêmaco Borba. As demais serão enviadas por via aérea, partindo do Aeroporto do Bacacheri: Foz do Iguaçu, Cascavel, Campo Mourão, Umuarama, Paranavaí, Maringá, Apucarana, Londrina, Cornélio Procópio, Jacarezinho e Toledo.

“Graças à estrutura organizada e robusta do Paraná, temos conseguido distribuir cada vez mais doses para diferentes municípios do Estado. Temos capacidade de vacinar centenas de milhares de pessoas por dia. As novas doses nos ajudam a continuar no nosso esforço de aplicar a vacina no braço dos paranaenses no menor tempo possível”, afirmou o secretário estadual de Saúde, Beto Preto.

As vacinas desta remessa são destinadas à primeira dose (D1) dos três grupos prioritários contemplados: são 18.620 doses para comorbidades (1,55% da estimativa populacional do grupo), 18.620 para pessoas com deficiência permanente (4,64% do grupo), e 200 doses destinadas a trabalhadores do transporte aéreo (10% do grupo).

Essas doses integram a 22ª pauta de distribuição do Ministério da Saúde, e se somam a 360.250 doses da vacina produzida pela parceria entre Fiocruz/AstraZeneca/Universidade de Oxford que chegaram ao Estado na última quarta-feira (2) e foram distribuídas na sexta (4). Assim, a remessa totaliza 397.690 doses entregues.

LOGÍSTICA – A distribuição dos imunizantes Cominarty é mais limitada porque demanda especificidades técnicas para seu armazenamento e transporte. A vacina tem validade de até seis meses quando armazenadas em temperatura média de -70°C, o que requer freezers ultracongelantes.

Na temperatura de 2ºC a 8ºC, a mesma das demais vacinas, o imunizante tem validade de até 31 dias, segundo novas diretrizes da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) publicadas em 28 de maio. Desta forma, o Estado tem uma janela de tempo disponível para distribuir as vacinas para o Interior e aplicá-las dentro do prazo, expandindo o número de municípios que podem recebê-la.

MAIS DOSES –Uma nova remessa de vacinas da Pfizer/BioNTech está prevista para chegar ao Paraná na noite desta segunda-feira (7). Esse lote da fabricante é o maior do tipo até agora: são 145.080 novas doses, que integram a 23ª pauta de distribuição de imunizantes pelo Ministério da Saúde. Todas elas são destinadas à D1.

Serão 86.964 doses destinadas a comorbidades, gestantes e puérperas e pessoas com deficiência (correspondente a 5% do total do grupo), 42.264 para trabalhadores de educação do ensino básico (25% do grupo), 1.483 para forças de segurança e salvamento e Forças Armadas (4% do grupo) e 182 para trabalhadores do transporte aéreo.

VACINÔMETRO –Até as 11h30 desta segunda, o Paraná administrou 3.966.657 doses. Foram 2.738.936 primeiras doses e 1.227.721 segundas doses, completando o ciclo de imunização.

Das doses aplicadas, 56,6% foram do tipo Coronavac, produzidas pelo Instituto Butantan/Sinovac; 40,2% são da Fiocruz/AstraZeneca/Oxford; e 3,3% da Pfizer/BioNTech. Os dados são do Vacinômetro do Sistema Único de Saúde (SUS), atualizado em tempo real pelos municípios.

Confira a quantidade de doses que cada Regional de Saúde recebe nesta remessa

1ª RS – Paranaguá –  1.170 doses

2ª RS – Metropolitana –  8.190 doses

3ª RS – Ponta Grossa –  2.340 doses

5ª RS – Guarapuava –  1.170 doses

6ª RS – União da Vitória –  2.340 doses

7ª RS – Pato Branco –  1.170 doses

8ª RS – Francisco Beltrão –  1.170 doses

9ª RS – Foz do Iguaçu –  1.170 doses

10ª RS – Cascavel –  1.170 doses

11ª RS – Campo Mourão – 1.170 doses

12ª RS – Umuarama – 1.170 doses

14ª RS – Paranavaí – 1.170 doses

15ª RS – Maringá – 1.170 doses

16ª RS – Apucarana – 2.340 doses

17ª RS – Londrina – 2.340 doses

18ª RS – Cornélio Procópio – 1.170 doses

19ª RS – Jacarezinho – 2.340 doses

20ª RS – Toledo – 3.510 doses

21ª RS – Telêmaco Borba – 1.170 doses

TOTAL – 37.440 doses

Da AEN