Na operação Pronta Resposta II em Cascavel, policiais militares da Rone apreendem mais de 23kg de drogas

O setor policial ficou movimentado nessa quinta-feira(4) em Cascavel, no Oeste do Estado. Equipes de Rondas Ostensivas de Naturezas Especiais(RONE), do Batalhão de Operações Especiais(BOPE) da PMPR, realizavam ações no contexto da Operação Pronta Resposta II, com patrulhamento e abordagens, do que resultou na apreensão de expressiva quantidade de maconha, além de crack e cocaína.

Denúncia da comunidade

Na primeira ação, uma equipe de RONE estava em patrulhamento na região do Lago Azul, quando foi solicitada por um popular que informou aos policiais militares sobre possível prática de tráfico de drogas. O cidadão, que preferiu não se identificar, apontou uma residência onde ocorreria constante movimentação de pessoas e veículos, e que ali funcionaria uma “boca de fumo”. Com base nas informações a equipe deslocou ao endereço informado, onde já na frente da residência avistou um indivíduo que tentou se evadir ao avistar a viatura policial, lançando um objeto ao chão. Os policiais militares conseguiram abordar o indivíduo e constataram que o objeto arremessado se tratava de maconha. Perguntado, o homem respondeu que seria para seu consumo e que teria outra quantidade no interior da casa, também para seu uso pessoal.

No interior da residência foi localizado mais um indivíduo, bem como dinheiro em espécie, balança de precisão e uma faca. No forro de um dos cômodos, os policiais militares encontraram mais maconha. Nessa primeira ação, foram apreendidos 18Kg de maconha, duas balanças de precisão, uma faca e dois telefones celulares, além de R$ 412,00 e Bs.F 4.200,00(bolívares venezuelanos). Os dois homens, pai e filho, de 39 e 19 anos, foram presos.

Abordagem de suspeitos

Em outra ação, no bairro Coqueiral, uma equipe de RONE avistou um indivíduo que, ao ver a viatura policial, evadiu-se para o interior de uma residência. Os policiais militares perseguiram o homem, alcançando-o na sala do imóvel, onde foi abordado. Imediatamente, o homem arremessou um aparelho de celular ao chão, inutilizando por completo o equipamento. Próximo dele, sobre um sofá, foram encontrados alguns pedaços de maconha.

Com base nas evidências, os policiais militares realizaram um busca em toda a residência, onde localizaram uma balança de precisão, certa quantidade de crack, além de algumas placas de veículos e dinheiro em espécie. Foram apreendidas 25g de cocaína, 5Kg de maconha, 300 g de crack, quatro placas de veículos, R$ 681,00 em espécie, uma balança de precisão e quatro placas de veículos.

No segundo pavimento da casa havia uma mulher de 24 anos, na bolsa da qual os agentes localizaram cocaína. Os policiais militares deram voz de prisão em fagrante a ela e o indivíduo abordado inicialmente, um homem de 21 anos. Ao receber a voz de prisão, o homem resistiu à prisão, e entrou em luta corporal com os policiais militares, que precisaram usar técnicas de imobilização e algemas para contê-lo.

Operação Pronta Resposta

A Operação Pronta Resposta, atualmente na fase II, é coordenada pelo Subcomando-Geral da PMPR, para fazer frente ao crime organizado. Os agentes são policiais militares de equipes táticas de Rondas Ostensivas Tático Móvel(ROTAM) de diversas unidades operacionais da Corporação e de equipes de RONE/BOPE. A partir de informações obtidas por ações do setor de inteligência, o objetivo da operação é dar pronta resposta em caso de ações críticas, como roubos a bancos, mas também na prevenção e repressão imediata de crimes, como o tráfico de drogas e crimes contra a vida.  A aplicação do policiamento é feita com base no planejamento estratégico da PMPR, com patrulhamento, abordagens e bloqueios em todo o Paraná, em apoio às equipes que já atuam nas regiões.

Da Polícia Militar do Paraná