Academia de Letras de Toledo: três novas acadêmicas integram o grupo

Na última sexta-feira (28), a Academia de Letras de Toledo (ALT) realizou uma Sessão Solene Virtual de Investidura Acadêmica. As cadeiras 33, 34 e 35 foram, respectivamente, ocupadas pelas acadêmicas Simone Andréa Ruschel Beal, Maria Eunice Silva de Lacerda e Maria Dilonê Ficagna Pizzato.

Para a presidente da ALT, Lucrecia Welter Ribeiro, um dos momentos mais significativos para a Academia é quando um novo membro chega para engrandecer o grupo constituído. “Toda a Sessão Solene de Investidura Acadêmica se transforma em momento de grande festa e imensa alegria para a família ALT, que recebe cada um de seus membros, de braços abertos”.

Lucrecia pontua que alguns critérios definem quais serão os novos acadêmicos que passam a ocupar as cadeiras da ALT. “Para fazer parte da Academia, o nome do candidato deve ser apresentado – em reunião ordinária – por um dos membros efetivos da instituição. Tendo o nome aprovado por unanimidade, o candidato, em plenária pré-agendada, além de defender a sua candidatura e a do Patrono de sua Cadeira, deve mencionar os seus objetivos como Associado Titular da Instituição. Nova votação é feita com a ausência do postulante. Não havendo votos contra, o neoacadêmico poderá frequentar as sessões mensais e eventos festivos enquanto aguarda posse”.

A presidente também esclarece que não há periodicidade fixada nos preceitos estatutários e regimentais. “Uma vez eleito, o postulante à cadeira deve ser empossado no prazo de um ano civil a contar da apresentação de seu currículo em assembleia, salvo motivo de força maior, a critério da diretoria. Há um ano foram aprovados os nomes das três acadêmicas empossadas no dia 28 de maio último. Na oportunidade, foi aprovado também o nome do neoacadêmico Stefano Busellato, que se encontra a trabalho no exterior. Em momento oportuno, terá seu ingresso oficializado, como fundador da cadeira 36”, declara Lucrecia.

‘IMORTAIS’ – Devido às restrições da pandemia, a Sessão Solene de Investidura Acadêmica não pode ocorrer de forma presencial. “Com igual brilho, e com todas as honrarias, realizamos a cerimônia virtual, oficializando o ingresso de mais três ‘Imortais’ que darão sua contribuição na difusão da língua portuguesa e de sua riquíssima Literatura. Às caríssimas confreiras, Simone Andréa Ruschel Beal, Maria Eunice Silva de Lacerda e Maria Dilonê Ficagna Pizzato, externo, como presidente da ALT, o carinho da acolhida, e votos de sucesso, felicidades e muitas realizações!”, conclui a presidente da ALT.

Da Redação

TOLEDO