Ação Social São Vicente de Paulo: Primeira entidade social de Toledo completa 60 anos

Emoção, história, desafios, homenagens, união e superação fazem parte do dia a dia da Ação Social São Vicente de Paulo. Ela é considerada a primeira entidade social do município de Toledo e comemora Bodas de Diamante neste ano. São 60 anos atuando junto à comunidade local. Durante sua caminhada, muitos fatos foram marcantes para a sua história e as crianças e os adolescentes sempre foram alvos de dedicação de toda a equipe.

A diretora e fundadora da entidade Irmã Luíza Menin recorda que chegou em Toledo na década de 60 e começou suas atividades no Colégio Incomar. Ao observar a realidade de alguns meninos, a Irmã convidou a comunidade para promover um trabalho diferenciados com os meninos; ações destinadas a mudarem seus futuros.

Naquela época, entre 60 e 80 crianças e adolescentes passaram a ser atendidos na entidade. Daquele ano até os dias atuais, a Ação Social São Vicente de Paulo atendeu mais de 18 mil jovens. Hoje, são homens com famílias e com bom trabalho. “Os jovens desejam alcançar o futuro e na entidade os sonhos se realizam em cada etapa da vida. Em 60 anos, nós colaboramos com a vida de homens que um dia foram crianças nos corredores de nossa entidade”, afirma Irmã Luíza.

A Ação Social São Vicente de Paulo – fundada no dia 30 de setembro de 1961 – oferece cursos gratuitos e voltados ao mercado de trabalho, aos valores humanos e a cidadania. A diretora da entidade revela que a equipe incentiva que os alunos acreditem em si e superem os obstáculos da vida. “As crianças e os adolescentes são capazes; eles necessitam de conhecimentos e de oportunidades. São histórias que integram a Ação Social. A vida é feita de histórias”, pondera a Irmã Luíza.

ATENDIMENTOS – A entidade atende 300 crianças e adolescentes até 17 anos, compreendendo os bairros e os distritos de Toledo. A pandemia suspendeu o atendimento presencial, mas não o cuidado com os jovens e as famílias. Os professores adequaram as metodologias de trabalhos e ministram as aulas. Os demais funcionários atuam normalmente e cada um em sua área.

A Irmã Luíza lembra que as primeiras atividades desenvolvidas com os meninos foram de engraxate, jornaleiro e vendedor de ‘mandolate’. Após um período, os jovens passaram a atuar nas empresas como guardas mirins. Na época, a entidade chegou a ter registrados 180 guardas mirins.

Inicialmente, os serviços eram destinados as famílias através de visitas domiciliares, curso de tecelagem, tricô, crochê, pintura em tela, confecção de acolchoados, corte e costura, palestras, antigo ensino mobral, creche e recreação. A entidade ainda atendia gestantes, fornecia remédios, alimentação, atendimento médico e dentário, inclusive construía casas aos mais necessitados.

A partir do ano 2000, a entidade reforma seu Programa para manter-se em consonância com o ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente); atendendo-os na sua totalidade. Os trabalhos de rua, vendedores, engraxates, jornaleiros e guarda-mirim são extintos. Os meninos não desenvolvem mais nenhuma educação pelo trabalho, e sim, são inseridos em atividades pedagógicas respeitando as diferentes características e o crescimento intelectual, emocional e social. Implanta-se os cursos profissionalizantes de Informática, Auto-cad, Corte e Costura Industrial, Eletricista Predial básico e Panificação.

Os anos passaram e essas adequações foram necessárias. “Nós oferecemos mais de 30 cursos profissionalizantes e atividades esportivas. Com uma equipe capacitada, as ações possuem o amparo da sociedade”, afirma Irmã Luíza ao mencionar que a pandemia trouxe ensinamento e, com ela, a saudade. “Nós estamos com muitas saudades das nossas crianças na entidade. Queremos que elas retornem com todos os cuidados. Rezamos para que essa doença termine”.

PROGRAMAÇÃO – O lançamento da programação em alusão aos 60 anos da Ação Social São Vicente de Paulo aconteceu na última terça-feira (8). Setembro será o mês comemorativo para a entidade. No dia 11, às 19 horas, uma missa será celebrada na Catedral Cristo Rei. Após a missa, o jantar comemorativo será servido no Buffet Mafalda Eventos.


As Irmãs participaram do lançamento da programação – Foto: Divulgação

No dia 22 de setembro, uma live no Teatro de Toledo está programada a partir das 19h30. A confraternização com as crianças e os adolescentes acontecerá no dia 27 daquele mês. Bolo, salgados e bebidas devem marcar a data. Além da participação dos projetos Canto Coral e Musicalização em diversas missas nos distritos e paróquias locais.

Uma programação para celebrar o aniversário da entidade e comemorar com todas as pessoas que fazem parte de sua história. “Os meninos são como nossos filhos; adotamos as famílias com amor e carinho e a nossa equipe oferece o seu melhor para que cada aluno possa ter uma visão de futuro e caminhe sozinho”, enfatiza a Irmã Luíza.

Na oportunidade, ela agradece a colaboração da comunidade. “São empresários ou contribuintes, enfim. São pessoas que nos apoiam. Sem elas não conseguiríamos manter a entidade. Sempre pedimos a Deus que nos proteja e nos auxilie para seguirmos com as nossas atividades”, afirma Irmã Luíza ao complementar que mesmo diante da pandemia, as cestas básicas com alimentos e frutas são doadas para as famílias. “São 60 anos de atividades interruptas com os meninos e com a comunidade. É uma alegria comemorar este aniversário, ser integrante da história da entidade e de cada vida que passou pela Ação Social São Vicente de Paulo”.

Da Redação

TOLEDO