Ações da ‘Semana das Energias Renováveis’ acontecem em Toledo

Na quarta-feira (22), Toledo recebeu as ações da ‘Semana das Energias Renováveis’. O evento é uma promoção do pelo IDR-Paraná (Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná (IDR-Paraná/Iapar-Emater), Banco do Brasil e Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE). As atividades acontecem em todo o Estado.

Durante o período da manhã de ontem (22), autoridades no assunto, produtores e comunidade participaram das palestras realizadas nas instalações do Banco do Brasil no município. “Objetivo dos encontros é divulgar o Programa e linhas de crédito disponível para esta finalidade”, destaca o responsável pela escritório local do IDR, engenheiro agrônomo, Leodacir Francisco Zuffo.

Com as ações desenvolvidas durante toda a semana, o Estado visa informar produtores, agroindústrias, empresas integradoras e cooperativas agropecuárias a respeito do RenovaPR, programa do Governo Estadual de geração distribuída de energia elétrica a partir de fontes renováveis, como a fotovoltaica e o biogás. A realização desses encontros permite que o produtores possam sanar as dúvidas sobre o assunto.

Zuffo reforça a importância em promover momentos de esclarecimento junto aos produtores devido as datas do Programa. “Vale destacar que os subsídios/subvenções de juros zero terá o prazo encerrado no dia 31 de dezembro deste ano”.

A engenheira agrônoma do IDR-Paraná – Regional Toledo – Eliana Reis acrescenta que as atividades dessa ‘Semana das Energias Renováveis’ acontecem em diversos municípios da Regional. “São quatro dias com ações em simultâneas em vários municípios do Paraná. Em nossa Regional, os trabalhos em Toledo e Assis Chateaubriand foram realizados na quarta-feira (22), já nesta quinta-feira (23) acontecem em Marechal Cândido Rondon e, na sexta-feira (24), em Palotina”.

APROVEITAR A OPORTUNIDADE – O gerente regional do IDR de Toledo, Ivan Raupp, pontua que a iniciativa é uma ótima oportunidade para os produtores. Em frente ao Banco do Brasil foram montadas tendas para que os interessados pudessem tirar dúvidas com técnicos, além conhecerem como funciona os painéis fotovoltaicos, projetos, sistemas de implantação e a viabilidade econômica dessa geração de energia a baixo custo.

“Com essa iniciativa os produtores têm a disponibilidade de recursos dentro da linha do RenovaPR. É interessante que eles aproveitem, este, ano as vantagens no acesso ao crédito via RenovaPR pela equalização e também a isenção dessa taxação que continua ainda este ano para quem aderir até dezembro de 2022”, enaltece Raupp.

RENOVAPR – O RenovaPR já soma 2.153 projetos acatados pelo IDR-Paraná, totalizando um investimento de R$ 414.350.460,70. O número de projetos nos bancos é de 1.036 ou R$ 178.576.213,65. O Governo do Estado também já cadastrou 462 empresas prestadoras de serviços para energia solar e 16 para biogás e biometano.

Esse movimento de divulgação é importante porque no dia 31 dezembro deste ano termina o período de contratações de crédito rural com juro zero para as linhas Plano Safra propiciadas pelo Banco do Agricultor Paranaense. Na mesma data também se encerra o benefício da Tarifa Rural Noturna (TRN) que subsidia a energia elétrica usada à noite em atividades agropecuárias.

Além disso, a Lei nº 14.300/2022, chamada “taxação do sol”, prevê que quem implantar energia sustentável até 7 de janeiro de 2023 ficará isento da nova taxação até 2045. Da mesma forma, o Decreto nº 9.642/2018 determina que os descontos concedidos à tarifa de energia elétrica rural terminam no final de 2023.

Da Redação*

TOLEDO

*Com informações da Agência de Notícias do Paraná