Associação dos Autistas convoca associados para Assembleia Geral Extraordinária

A Associação de Familiares e Amigos dos Autistas – VIDA de Toledo – convoca para o dia 19 de junho os associados para participarem da Assembleia Geral Extraordinária. Em pauta estará a destituição da presidente atual.

O edital de convocação foi assinado no dia 26 de maio pelo vice-presidente da Associação, Elias Justino de Oliveira. O documento evidencia que a Assembleia presencial deverá acontecer na Associação dos Amigos de Basquetebol de Toledo (Abatol) com primeira chamadas às 15 horas. Simultaneamente, irá ocorrer de maneira online pelo Facebook e link no grupo do aplicativo da entidade.

O documento também aponta a participação de 50% de participação dos associados com direito ao voto. A segunda chamada deverá acontecer uma hora após e com qualquer número de membros segundo o artigo 15 do Estatuto da Associação.

A ordem do dia prevê esclarecimentos e deliberações sobre a destituição da presidente; destituição da presidente e eleição da nova diretoria e dos membros do Conselho Fiscal. Segundo a presidente da Associação de Familiares e Amigos dos Autistas – VIDA de Toledo – Danúbia Cristina Portolan, a convocação de Assembleia só pode ocorrer através do membro que ocupa de presidente.

“Sou contra atitudes de três pessoas e fundadoras da Associação.  Motivos fúteis e mudaram o estatuto sem Assembleia. Somente presidente pode convocar assembleia. Não vou desistir da minha luta pelos autistas”, afirma a presidente.

Sobre as lutas da comunidade autista, a presidente reforça que a entidade já conquistou diversos feitos e precisa continuar lutando. “Já conseguimos a Carteirinha Autista, inclusão do símbolo autista nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs), nova sede, bazar social permanente, lei dos fogos, RG com símbolo autista”.

TRANSPARÊNCIA – Segundo o vice-presidente da entidade, Elias Justino de Oliveira, foi convocada uma Assembleia Geral para que seja feito uma nova votação e escolha da nova diretoria, devido a presidente estar em discordância com a mesa diretora. “A presidente não estava cumprindo o que avia decidido na diretoria, ou seja descumprindo assim o estatuto”.

A diretora destaca que “A associação vem através desta assembleia buscar transparência em suas ações. Buscando assim o entendimento de todos os associados que buscam informações e acolhimento, pois sabemos que é uma jornada muito difícil para estar enfrentando”.

Da Redação

TOLEDO