Biopark apresenta Ecossistema de oportunidades na Expo Dubai 2020

Até o dia 16 de outubro, o Biopark apresenta seu projeto inovador em educação, negócios e pesquisa na Expo Dubai 2020. O evento ocorre em Dubai, nos Emirados Árabes e é a maior e a mais antiga exposição global, com previsão de reunir mais de 190 países.

Do Biopark participam o diretor de Negócios, Paulo Victor Almeida, o diretor do Biopark Educação, Victor Donaduzzi e a gerente de Educação e Pesquisa, Ana Luiza Donaduzzi. Os representantes integram a comitiva paranaense no evento, sendo que o Estado é o protagonista do Pavilhão do Brasil e apresentará aos visitantes áreas estratégicas, como potencial agroindustrial, de geração de energia, roteiros turísticos e parcerias em diversas áreas da gestão pública.

Entre as ações realizadas pelo Estado está a missão técnica comercial Paraná Business Experience, que começou ontem (11), e traz em sua programação painéis sobre mercado de madeira, papel e celulose, agronegócio, indústria de alimentos e bebidas e também tecnologia, infraestrutura e indústria automotiva.

NEGÓCIOS – No evento, o Biopark apresenta todo o seu Ecossistema, principalmente na área de negócios. Hoje, o Parque tem mais de 100 empresas e startups instaladas, sendo 19 internacionais. “Essa é a maior vitrine global de inovações e de projetos nas mais variadas frentes. Ao participar da Feira, podemos apresentar para o mundo o nosso projeto único de inovação. Pretendemos fazer networking e parcerias que tragam ainda mais impulso para o Biopark e para a Região Oeste do Paraná”, explica Paulo Victor Almeida.

A comitiva paranaense é liderada pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior e participam representantes do poder público estadual, de municípios paranaenses e de empresas.

SOBRE A EXPO DUBAI – Com o tema “Conectando Mentes, Criando o Futuro”, a Expo Dubai segue até março de 2022. Organizada pelo Bureau Internacional de Exposições desde 1851, a World Expo é um evento internacional que serve de vitrine para as principais inovações que moldaram o mundo após a Revolução Industrial.

As feiras acontecem a cada cinco anos e têm como principal atração os pavilhões de cada país, que concentram exposições, eventos e atividades culturais. A edição de Dubai estava prevista para 2020, mas foi adiada em razão da pandemia do coronavírus.

TOLEDO