Campanha Legal: recursos são importantes para as entidades, afirma coordenadora

Dezembro é um mês de magia e as pessoas estão imbuídas do espírito Natalino. A comunidade contribui com um Natal melhor para quem precisa e também pode colaborar com a Campanha Legal do Imposto de Renda – Pacto pela Criança deixando o percentual do imposto de renda, que não tem custo algum, para o atendimento prioritário de crianças e adolescentes de Toledo.

O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDA), através dos representantes das Entidades Não Governamentais e os parceiros, procura sensibilizar a comunidade para antecipar a declaração do imposto de renda. A presidente do CMDA e coordenadora da Campanha do Imposto de Renda, Ivone Laguna, explica que as pessoas físicas podem fazer a declaração no modo completo e destinar o percentual de 6% e empresas optantes pelo lucro real destinar 1% para o Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente até o último dia útil do calendário vigente.

Ivone salienta que a Campanha segue até abril de 2021, no entanto, a porcentagem de destinação diminui para 3%. “Os recursos financeiros são considerados de ordem prioritária para o atendimento de em média 1300 crianças e adolescentes, além de suas famílias atendidas nas entidades”.

AUXIÍLIO – A coordenadora salienta que esses recursos auxiliam em até 60% do valor que a entidade recebe para pagamento de recursos humanos, sendo que o restante pode ser aplicado em reformas e melhorias da estrutura física, aquisição de equipamentos e outras demandas necessárias para atendimento direto a criança e ao adolescente.

A ação de manter a porcentagem do imposto de renda devido para o município assegura a realização dos programas e projetos que as entidades desenvolvem em favor do atendimento das crianças e adolescentes bem como contribui para a superação das vulnerabilidades sociais enfrentadas pelas famílias atendidas. “Esses recursos mesmo em tempos difíceis de pandemia tornam-se essenciais para que as entidades possam manter os serviços e planejar as atividades com as famílias, que inclusive não pararam”, destaca Ivone.

A expectativa para a arrecadação na Campanha Legal é de R$ 1 milhão. Ela explica que a organização considera que as declarações são obrigatórias para cada contribuinte e o município de Toledo tem capacidade para destinar mais de R$ 3 milhões para o Fundo Municipal da Criança e do Adolescente (FMCA).

ENTIDADES – A destinação do recurso será para as entidades: Ação Social São Vicente de Paulo, Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Toledo (Apae), Centro Beneficente de Educação Infantil ‘Ledi Maas – Lions’, Centro Social e Educacional Aldeia Infantil Betesda, Centro Assistencial da Diocese de Toledo (Casa de Maria) e Associação Beneficente de Saúde do Oeste do Paraná (Hoesp), mantenedora Hospital Bom Jesus.

A Campanha Legal é promovida pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), Associação dos Contabilistas de Toledo, Sindicato das Empresas de Serviços Contábeis e das Empresas de Assessoramento, Perícias, Informações e Pesquisas no Estado do Paraná (Sescap-PR), Sindicato dos Contadores e Técnicos em Contabilidade (Sincoeste) e Conselho Regional de Contabilidade (CRC PR). A Campanha tem como parceiros Associação Toledana de Imprensa (ATI), Associação Comercial e Empresarial de Toledo (Acit), Sistema de Cooperativas de Crédito do Brasil (Sicoob-Oeste), Uniprime Pioneira do Paraná, Prefeitura de Toledo, Câmara de Toledo e RicTv.

Da Redação