Com crescimento superior a 56% em Toledo, Cresol se destaca pelo atendimento personalizado e relacionamento com o cooperado

Simplicidade, objetividade e agilidade são características que se destacam na Cresol. E são elas que diferenciam a Cooperativa de Crédito das demais. Há 25 anos no mercado contribuindo com o desenvolvimento da comunidade local, a Cresol se destaca pelo relacionamento com o associado e pela personalização do atendimento. Nos últimos anos, seu crescimento e expansão tem feito da Cooperativa uma das maiores do país.

Presente em 17 estados, com mais de 550 agências e mais de 615 mil cooperados, a Cresol também faz história em Toledo. A Cooperativa demonstra os seus serviços há oito anos no município, que conta uma cultura cooperativista enraizada.

Apostar no relacionamento e na singularidade com o cooperado foram estratégias assertivas que a Cooperativa adotou na capital do agronegócio paranaense. “Existem fatores que para nós são essenciais entre eles está a forma como nos relacionamos com o nosso cooperado. É por meio dessa conexão que conseguimos atender as necessidades do nosso associado com a qualidade e a agilidade que ele precisa” comenta o diretor superintendente da Cresol Adriano Michelon.

EXCELÊNCIA – Apesar da potência econômica que o agronegócio representa para Toledo, a Cooperativa conta com cooperados de diversas áreas tais como empresários, Microempreendedores Individuais (MEIs), autônomos e assalariados. É na particularidade de cada um que a Cresol mostra a excelência e a consolidação no mercado de cooperativas de crédito.

“Nosso associado não é apenas um CPF, ele tem uma família, tem sonhos, tem empreendimentos, tem uma rede de colaboradores e nós precisamos entender esse universo e de que forma podemos contribuir, auxiliar e ao mesmo tempo aprender com ele para melhorar a própria Cooperativa. Nós crescemos muito nos últimos anos, mas queremos ao mesmo tempo garantir a simplicidade e a personalização do atendimento”, enfatiza.

CRESCIMENTO – Michelon lembra que uma das ações priorizadas no início da pandemia era colaborar com o cooperado nesta fase difícil. E em um ano de muitas incertezas econômicas, a Cresol buscou na adversidade a oportunidade de expansão. Em 2020, a Cooperativa Cresol chegou à marca de R$ 12,9 bilhões em ativos – crescimento de 43% em relação a 2019 -, além de um resultado financeiro recorde, de R$ 187,9 milhões, quase 40% a mais que o ano anterior.

A Cresol Integração, presente em Toledo, cresceu 56% no ano passado. Para Michelon, é um índice acima da média esperada. “É motivo de orgulho. A região Oeste é fantástica. A decisão mais correta foi trazer a sede administrativa da microrregião para Toledo. Viemos para uma cidade propulsora e isso trouxe muitos negócios para a Cooperativa. Encerramos o ano de 2020 com números fantásticos e nunca tivemos um quadro social como no ano passado”, comemora.

EXPANSÃO – Com os excelentes números de 2020, a Cresol prepara novos projetos de expansão na região Oeste e em todo o país. Michelon adianta que a Cooperativa planeja chegar a 30 agências na microrregião. Em todo o Brasil serão aproximadamente 70 agências. “Estamos animados com a região Oeste e acreditamos que 2021 será ainda melhor. Temos um projeto surpresa para Toledo e o objetivo é ampliar o atendimento nessa região. A Cresol planeja chegar próximo a R$ 40 bilhões em 2025. Acreditamos que isso será possível porque a economia está em uma crescente. Todos os indicadores são consistentes e nós queremos apoiar e seremos parceiros. Nós queremos ver o cooperado crescer e queremos crescer com o cooperado. É uma simbiose e uma parceria que não tem erro”, salienta o diretor.

COMO TUDO COMEÇOU – A história da Cresol começou em 1995, na região Sudoeste do Paraná. Adriano Michelon é o primeiro colaborador e também um dos fundadores da Cooperativa. Ele destaca que desde a sua instituição a finalidade da Cresol é servir o cooperado. “O cooperativismo nasce de dificuldades que precisam ser superadas. Essa é a essência do cooperativismo. Por isso que ela se fortalece e cresce. Com a Cresol não foi diferente disso. A Cooperativa nasceu em um momento de dificuldade de acesso ao crédito para agricultores e vem crescendo nesse período. Ela continua com seu propósito inicial que é servir seus cooperados e as pessoas, ao fazer o bem social, que é a essência do cooperativismo. Essa é a nossa trajetória”, conclui Adriano Michelon.

Da Redação

TOLEDO