Contratações temporárias fortalecem a economia local

O segundo semestre é marcado pelo otimismo de quem está em busca de uma oportunidade de trabalho de olho nas contratações de final de ano. Nesta época as vagas temporárias são uma opção para quem está fora do mercado há algum tempo. A dedicação do trabalhador aliada a demanda da empresa podem até garantir uma efetivação a curto prazo.

Com as incertezas da pandemia, nenhuma oportunidade de emprego deve ser desperdiçada. A Agência do Trabalhador de Toledo é o principal posto de ofertas de vagas, especialmente as de caráter temporário. O gerente do órgão, Rodrigo Souza, comenta que 17% das oportunidades de empregos disponibilizadas são de trabalhos temporários.

Neste período do ano, com o aumento da demanda do comércio, da indústria e do setor de serviços, essa oferta pode chegar até 30% das vagas disponibilizadas na Agência. “As vagas de trabalho temporário começam a surgir a partir deste mês para atender a demanda do comércio para o Dia das Crianças até o final do ano” cita ao complementar que outros setores da economia de Toledo também começam a movimentar as contratações temporárias visando negócios do próximo ano.

“É o caso dos frigoríficos de peixe e a produção de chocolate que iniciam as contratações temporárias para atender as demandas de páscoa. Nestes setores, a produção começa a crescer agora e as vagas ofertadas também”.

Periodicamente, a Agência também faz contratações para o setor da agricultura para atender as demandas de plantio e colheita. Mas é o setor de serviços que está despontado na contratação de trabalhadores. Em 2021, o setor foi o que mais contratou efetivamente em todos os meses, sendo que em agosto foram 282 postos de trabalho criados com carteira assinada.

“É um setor que tem contratado bastante e isso se dá pela retomada econômica, reabertura e flexibilização dos locais e também pelo retorno de eventos com mais públicos. Esse setor também irá contratar mais trabalhadores com a perspectiva do final de ano, quando surgem mais vagas”, explica Souza.

A contratação de trabalhadores temporários é importante para fortalecer a economia nesse momento de retomada. De acordo com a previsão Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), o comércio varejista terá a melhor contratação de trabalhadores temporários para o Natal desde 2013.

A expectativa é de mais de 94,2 mil vagas para atender o movimento sazonal deste fim de ano. A previsão é de que o setor de vendas cresça 3,8% no Natal. As informações foram divulgadas no final de setembro. “Nós estamos numa região muito favorável à oferta de mercado de trabalho. Temos mais de 500 vagas em Toledo. Há uma grande necessidade de mão de obra e com o final do ano isso será intensificado”, conclui.

Da Redação

TOLEDO