CTG Província Gaúcha reforça união e tradicionalismo com mateada

O chimarrão é uma bebida tradicional do Rio Grande Sul. Saboroso, o mate traz consigo traços culturais e é símbolo da hospitalidade e da amizade. Cultivar a tradição auxilia na formação moral, ética e intelectual do indivíduo. Pensando nisso, o CTG Província Gaúcha de Toledo promoveu a segunda Mateada Provinciana, no final do mês de abril, no Yara Country Club. Com o objetivo de expandir a cultura, o CTG incentiva o hábito saudável de matear e demonstra a importância de manter viva a cultura gaúcha.

Conforme o patrão Marcelo Alois Moresco, a Mateada Provinciana foi idealizada pela patronagem e a equipe do Departamento de Planejamento do CTG no ano passado. “Analisamos a importância de comemorar, valorizar e difundir datas importantes da tradição gaúcha, como o Dia do Churrasco e do Chimarrão, lembrado em 24 de abril”, afirma o patrão ao complementar que por se tratar de uma entidade tradicionalista considera importante promover essa ação.

Na oportunidade, Moresco menciona que o município de Toledo possui muitos descendentes do Rio Grande do Sul que apreciam um bom mate e gostam de um churrasco.

A Mateada Provinciana – assim chamado o evento do CTG Província Gaúcha – é um momento para prosear e o próprio nome se reporta ao chimarrão, a família, aos amigos e ao tradicionalismo.

TRADICIONALISMO – A segunda Mateada Provinciana aconteceu durante o domingo (24 de abril) e seguiu com uma programação tradicionalista, com café campeiro coletivo, churrasco, música, danças e como convidada especial a felicidade. “Promovemos atividades livres, pois o objetivo principal é manter a integração entre sócios, familiares, amigos e convidados. A música, a dança, o churrasco e o mate reportam aos primórdios das gerações mais antigas ou aos momentos festivos”, afirma o patrão do CTG Província Gaúcha.

Moresco avalia como positiva a segunda edição do evento e destaca que a equipe – responsável por auxiliar na organização – sempre busca modernizar a programação. “A primeira edição aconteceu em um período da pandemia da Covid-19 e neste ano conseguimos aproximar mais pessoas nas atividades, porém o evento ainda pode ser ampliado e esse será a meta para a próxima edição em 2023. Queremos aumentar, consideravelmente, a participação dos provincianos, amigos e convidados”, finaliza o patrão.

Da Redação

TOLEDO