Cursos rápidos proporcionam qualificação profissional

O mercado de trabalho de Toledo nos últimos meses mostrou grande reação frente a pandemia da Covid-19. Muitas oportunidades de emprego foram abertas em diversos setores da economia. Porém, a falta de qualificação dificulta os encaminhamentos, principalmente no setor operacional.

Com o intuito de preparar os jovens para ocuparem essas vagas, o Município firmou parceria com o Serviço Nacional da Indústria (Senai) para ofertar cursos profissionalizantes gratuitamente à população. “Nós contratamos os cursos tentando suprir as demandas da cadeia produtiva de Toledo, com base no Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Novo Caged). Iniciamos o curso de Soldagem que atualmente tem mais vagas em aberto na Agência do Trabalhador”, conta o gerente da Agência Rodrigo Souza.

Os Cursos de Qualificação iniciaram ontem (2) no Centro de Eventos Ismael Sperafico. A primeira etapa é com o Módulo de Soldagem com quatro turmas no período da tarde e da noite. O Senai disponibilizou uma unidade móvel equipada com acessibilidade e com sala de aula e box para atividades práticas.

“Em função da pandemia não vamos utilizar as salas de aulas dentro da unidade móvel. Colocamos para fora as carteiras para garantir o distanciamento e a segurança dos alunos. Já os boxes são individualizados e os alunos farão toda a parte prática dentro da Carreta Escola”, explica a gerente do Senai Toledo, Eliane Ritter.

FORMAÇÃO – O curso tem duração de duas semanas. Dentro deste período, o participante recebe as instruções básicas para conseguir uma boa colocação no mercado de trabalho. Souza pontua que o Município disponibilizou as vagas através das empresa, da Secretaria de Assistência Social e Proteção à Família, Associação dos Haitianos, entre outros órgãos e entidades.

Podem participar dos cursos alunos que buscam uma vaga de trabalho ou quem já está colocado no mercado e deseja um aperfeiçoamento. Os próximos cursos serão nas áreas de construção civil, instalações elétricas, automação industrial e mecânica automotiva com outras unidades móveis equipadas à disposição dos alunos. Ao todo serão 210 vagas no semestre.

“Enquanto um curso é realizado nós abrimos vagas para o próximo curso. Além da parceria com o Senai, o Município também está investindo em formação com outras instituições totalizando 470 vagas com oportunidades para os jovens, para as mulheres, com foco no Comércio, entre outros”, salienta Souza.

INVESTIMENTO – A gerente da unidade do Senai em Toledo, Eliane Ritter, salienta que o objetivo da instituição é atender a indústria. Por sua vez, o empresário está preocupado na qualidade do seu produto. “E o nosso compromisso é fazer com que esse jovem que está com brilho nos olhos, quando começar a trabalhar se sinta mais satisfeito porque ele terá uma remuneração, ele vai ocupar o seu espaço e o industrial que está do outro lado entende que o investimento dele realmente valeu a pena. Nós temos estatísticas em que conseguimos colocar 80% dos alunos no mercado de trabalho”, conclui.

Da Redação

TOLEDO