Diocese comunica com pesar a morte do Pe. Adair Bennemann

É com profundo pesar que a Diocese de Toledo, por meio de seu de seu bispo diocesano, D. João Carlos Seneme e do seu clero, comunica o falecimento do Pe. Adair Bennemann, 62 anos de idade, vítima de complicações da covid-19.

INFORMAÇÕES SOBRE VELÓRIO E SEPULTAMENTO

O óbito do Pe. Adair foi informado às 23h45 desta quarta (2/06).

Está definido que das 10h às 12h deste dia 3 de junho o corpo do sacerdote será velado na Igreja de Nova Santa Rosa, com caixão lacrado e mantendo o distanciamento.

Às 13h30, haverá missa de corpo presente no cemitério de Quatro Pontes (PR). A opção pela missa no cemitério foi para possibilitar a presença dos padres, familiares e comunidades e manter o protocolo de segurança. O caixão estará lacrado.

Pe. Adair teve o quadro agravado de saúde na última semana. Ele estava sendo medicado e tratado em casa, mas começou a sentir dificuldade em respirar, procurou atendimento médico no Hospital e Maternidade Lar Belém, de Nova Santa Rosa. Com o agravamento do caso, no último sábado (29/05), o sacerdote foi transferido para o Hospital Geral da Unimed (HGU). Logo que havia chegado a Toledo, Pe. Adair foi conduzido a um quarto, mas com sua relativa piora na madrugada da última segunda-feira (31/05) teve de ser internado na Unidade de Terapia Intensiva. Inicialmente fez uso da chamada máscara de oxigênio VNI (ventilação não invasiva). No entanto, havia a possibilidade de intubação e ela foi inevitável. A decisão médica pela intubação ocorreu ainda na noite daquela segunda-feira (31/05) em razão das oscilações na saturação.

Contudo, nesta quarta-feira (2/06) a situação de complicou com o agravamento significativo no quadro de saúde. Tentou-se a manobra de prona para que o Pe. Adair tivesse um alívio na respiração, mas ele não respondeu a este estímulo. Voltaram-no então a posição normal e por conta disso a quantidade de drogas sedativas teve de ser aumentada.

Pe. Adair era pároco da Paróquia Santa Rosa de Lima, no município de Nova Santa Rosa, desde fevereiro de 2020.

TRAJETÓRIA PRESBITERAL

Após sua ordenação em 8 de dezembro de 1987, Pe. Adair exerceu seu ministério nas seguintes funções e comunidades:

– 09/01/1988: Vigário Paroquial da Paróquia Santo Inácio de Loyola – Jesuítas

– 19/02/1989: Vigário Paroquial da Paróquia Nossa Senhora do Carmo – Assis Chateaubriand

– 31/01/1990: Pároco da Paróquia Santo Antônio – Formosa do Oeste

– 20/02/1993: Pároco da Paróquia São Pedro – São Pedro do Iguaçu

– 1994 a 1996: Auxiliar no Seminário Maria Mãe da Igreja – Toledo

– 22/09/1996: Administrador Paroquial da Paróquia Santo Inácio de Loyola – Jesuítas

– 29/10/1999: Pároco da Paróquia Santo Inácio de Loyola – Jesuítas

– 19/07/2003: Administrador Paroquial da Paróquia São Roque – Nova Aurora

– 2004: Administrador Paroquial Paróquia Nossa Senhora Aparecida – Luis Eduardo Magalhães – Diocese de Barreiras (BA)

– 02/03/2005: Vigário Paroquial da Paróquia Sagrado Coração de Jesus – Mal. Cândido Rondon e Administrador da Pró-Paróquia Maria Mãe da Igreja – Mal. Cândido Rondon.

– 20/05/2007: Pároco da Paróquia Maria Mãe da Igreja, de Marechal Cândido Rondon, por ocasião da criação da nova Paróquia

– 01/02/2009 até 2020: Paróquia Nossa Senhora Aparecida (Guaíra)

Da Assessoria/TOLEDO – Revista Cristo Rei