Escolas e Cmeis entregam kits de alimentos a pais de alunos matriculados

Teve início nesta terça-feira (4) uma nova fase de entrega de kits de alimentos da merenda escolar a pais e responsáveis dos mais de 14 mil estudantes da rede municipal de ensino. Em cada sacola há nove itens, todos adquiridos junto a produtores da agricultura familiar que residem em Toledo: 1 pão caseiro, 1 pacote de leite, 500 gramas de filé de tilápia e seis qualidades de hortifrutis (alface, cenoura, laranja, mandioca, pepino e tomate) – quantidade equivalente à utilizada em 20 dias de aula.

Uma das primeiras instituições a fazerem este repasse é a Escola Municipal André Zenere, no Jardim Europa, onde 600 crianças estão matriculadas – considerando que cada kit tem 6 quilos, cerca de 3,6 toneladas serão entregues hoje para alunos da pré-escola ao 3º ano e amanhã para os do 4º e 5º anos. A retirada deve ser feita somente pelo responsável legal das crianças que devem comparecer à instituição de ensino usando máscara e levando RG ou CPF.

Segundo a diretora da instituição, Solange Brito de Carvalho Amaral, esta iniciativa valoriza a agricultura familiar em Toledo e ajuda a tornar as refeições dos estudantes mais saudáveis. “Por tudo isso, vejo um semblante de gratidão tanto por parte dos produtores que trouxeram os itens do kit até a escola quanto dos pais que vieram buscá-los. Sabemos do momento difícil que estamos vivendo, com todos precisando se reinventar e é importante estarmos unidos enquanto tivermos esta situação de pandemia”, relata 

Estes alimentos farão a diferença em muitos lares toledanos, como no de Franciele Fernandes, mãe de dois filhas matriculadas (uma no 2º e outro no 4º ano) na André Zenere. “Toda ajuda é bem-vinda, mesmo porque nesta época todos estão passando por alguma dificuldade e estamos tentando equilibrar. Com todo mundo se ajudando, logo isso vai passar”, observa.

A sacola também fará a diferença na família de Lucas Daniel Buzin, pai de um aluno do 3º ano do Ensino Fundamental da instituição de ensino. “Essa ‘mistura’ chegou em boa hora para a gente em vista das dificuldades trazidas por esta pandemia. Como a minha esposa perdeu o emprego, esses alimentos contribui bastante para o nosso orçamento familiar. Tanto é que, quando a professora fala que vai ter este tipo de evento na escola, o meu filho fica muito contente. É uma festa para a gente vir buscar logo esses alimentos. Ele até queria vir junto, mas não pode”, comenta.

De acordo com o engenheiro agrônomo Wesley Ariel Finger, que presta serviço à Cooperativa dos Agricultores Familiares de Toledo (Cofatol), um dos principais fornecedores dos itens dos kits, que envolveu 100 dos seus 300 cooperados na produção e entrega destes alimentos, esta ação tem como objetivo principal garantir uma nutrição com a qualidade que as crianças merecem. “Ao contrário da agricultura extensiva, a familiar não trabalha com uma alta renda e, por isso, esta compra vem numa excelente hora. Durante o mês de maio vamos atender toda a rede municipal, com alguma escolas e Cmeis recebendo nossos produtos recebendo estes itens em cada semana, um total de quatro grandes entregas”, detalha.

A secretária da Educação, Elisângela Batista, observa que todas as escolas e Cmeis da rede municipal de Toledo promoverão ações semelhantes às da André Zenere durante o mês de maio. “Todas as instituições da rede municipal de ensino receberam estes produtos e estão se organizando em cronogramas próprios para a entrega dos kits às famílias. Por meio desta ação, nós conseguimos gerar recursos para os produtores da agricultura familiar de Toledo e principalmente elevar a qualidade da alimentação que chegará à mesa dos nossos estudantes”, analisa.

Da Prefeitura de Toledo-PR