“Eu vou cuidar da cidade de Toledo”, afirma secretário de Segurança e Trânsito

Com um cenário preocupante na 20ª Regional de Saúde de Toledo, na Macrorregional de Saúde e no município, o prefeito de Toledo Beto Lunitti assinou, na tarde de domingo (19), um decreto e uma portaria que estabelecem novas medidas para enfrentar a pandemia da Covid-19. As normas estão publicadas no Diário Oficial do Município do último domingo.

O Decreto n. 52, de 21 de fevereiro de 2021, estabelece medidas para a implementação de ações de enfrentamento da pandemia. Desta maneira, o artigo primeiro considera facultativo o funcionamento de atividades comerciais, industriais, de prestação de serviços de eventos e de lazer todos os dias no horário compreendido entre 6 horas e 23 horas.

Os estabelecimentos devem observar as normas, as medidas e as recomendações estabelecidas pela Sesa 632/2020.

A ocupação dos leitos de UTI na Macrorregional de Saúde chegou a 99,52% às 9 horas de segunda-feira. Na 20ª Regional de Saúde de Toledo, todos os leitos de UTI Covid-19 estavam com pacientes. Entre as medidas, a Resolução prevê o afastamento entre as pessoas com uma distância de dois metros; é obrigatório o uso de máscara nos espaços de uso público e coletivo no Estado do Paraná; a adoção de estratégias para o controle de lotação, organização do fluxo de entrada e saída, restrição de acesso e afastamento entre as pessoas nos ambientes, de acordo com a capacidade do local.

Também está previsto que uma carta informativa seja afixada quanto a lotação máxima de pessoas permitida, considerando o afastamento necessário entre as mesmas durante sua permanência e deslocamento no local. Ainda deve ser disponibilizada uma área externa de espera das pessoas, a fim de evitar a aglomeração no interior da edificação.

Além disso, o posicionamento das pessoas nas filas deve ser demarcado de forma visual, sinalizando no piso a distância mínima, com fita, giz, cones ou outros materiais, de forma a garantir o afastamento entre as pessoas e, entre estas e os funcionários. Outra medida é que o estabelecimento adote medida adicional e horário diferenciado para atender pessoas em grupo de risco.

FISCALIZAÇÃO – Já a Portaria n. 111, de 21 de fevereiro de 2021, designa o secretário de Segurança e Trânsito de Toledo Arthur Rodrigues de Almeida para o desempenho de funções de Autoridade Sanitária. O objetivo é proceder à fiscalização do cumprimento das medidas relacionadas ao enfrentamento da pandemia.

Conforme a Portaria, o secretário poderá expedir informações, lavratura de intimações e/ou autos de infração, imposição de multa, suspensão e interdição das atividades se for caso.

Durante a coletiva com a imprensa, o secretário disse que “a missão está dada e ela será cumprida”. Almeida recorda que o prefeito o convocou para uma reunião no último domingo. “Para um policial não existe partido. Estamos em uma guerra. Conte conosco. Eu prometo trabalhar das 6 horas a meia-noite. Vou visitar todos os comércios e quem não cumprir as determinações será notificado. Se não quiser assinar, tudo bem, eu vou testemunhar”.

O secretário ainda enfatiza que “não quero saber se é amigo do prefeito ou do vice-prefeito. Não adianta ligar. A minha escola se chama Departamento de Polícia Federal. Estou imbuído do compromisso me passado. Eu vou cuidar da cidade de Toledo”.

Da Redação

TOLEDO