Executivo propõe e vereadores reconhecem atividade física como essencial

A Câmara de Vereadores aprovou nesta segunda-feira (05), em sessão ordinária, o Projeto de Lei nº 09/2021 que reconhece a prática da atividade física como essencial à população. O PL foi encaminhado pela administração municipal no dia 26 de janeiro, tramitou pelas comissões no Poder Legislativo e retornou para sanção do prefeito Beto Lunitti.

A discussão sobre a importância de uma lei municipal dando o caráter de essencialidade à atividade física foi uma das primeiras discussões propostas pela Secretaria Municipal de Esportes e Lazer (SMEL) junto ao Governo Municipal. De acordo com a secretária da pasta, Marli Gonçalves Costa, o prefeito Beto Lunitti entendeu a urgência dessa proposição e encaminhou a matéria para apreciação do Legislativo Municipal ainda durante o recesso parlamentar.  

Marli Costa também frisa que o exercício físico é fundamental para a melhoria da saúde de um indivíduo. “A necessidade do movimento e da atividade física na vida do cidadão, de todas as idades, está cada vez mais relacionada com sua saúde física e mental, além da longevidade. Um bom sistema respiratório e cardiovascular faz a diferença na imunidade e no enfrentamento da maioria das doenças”, explicou a secretária que também é professora de educação física.

Apesar de não ser o principal objetivo, a aprovação do projeto de lei trará impacto econômico positivo. Atualmente, mais de 100 estabelecimentos – academias de ginástica e de dança, estúdios de pilates e profissionais com atendimento individualizados – também serão beneficiados. “Não podemos esquecer que este segmento também é importante na geração de emprego e renda”, comentou o prefeito Beto Lunitti reforçando que saúde e economia precisam caminhar juntas. 

O projeto de lei, após a aprovação pela maioria dos vereadores, retornou à Assessoria Jurídica da Prefeitura e deve chegar ao Gabinete para a sanção do prefeito Beto Lunitti nos próximos dias.

Da Prefeitura de Toledo-PR