Geração de mídias, carga e lacração: Fórum Eleitoral de Toledo prepara as urnas

O Fórum Eleitoral de Toledo iniciou na quinta-feira (5) o processo de preparação das urnas. Os aparelhos passam por testes e pelo procedimento de geração das mídias – inclusão dos dados e números dos candidatos – além da carga e lacração. Os trabalhos devem encerrar nesta sexta-feira (6).

Os trabalhos consistem no repasse dos dados dos candidatos, trocas das bobinas, verificação da carga da bateria, conferência dos lacres e a realização de testes de funcionamento. “É algo criterioso feito com cuidado para que todas as urnas estejam devidamente preparadas para o uso no dia da eleição”, cita a juíza da 75ª Zona Eleitoral, Luciana Lopes do Amaral Beal.

Somente após todo esse processo as urnas são lacradas e ficam guardadas para o transporte – realizado por uma empresa habilitada vencedora do processo licitatório – até as seções de votação na véspera do pleito. “No domingo, dia 15, às 6 horas, quando os mesários, administradores de prédios e demais colaboradores da Justiça Eleitoral iniciarem os trabalhos da votação, essas urnas são ligadas. Como a votação vai começar apenas às 7 horas, as equipes ainda têm uma hora para buscar alternativas caso ocorram algum problema com o equipamento”, justifica a juíza.

ANDAMENTO DOS TRABALHOS – Existem etapas desse processo operacional que contam com o acompanhamento do Ministério Público e representantes da Ordem dos Advogados (OAB) Subseção de Toledo. De maneira geral, Luciana afirma que os trabalhos da Justiça Eleitoral seguem de acordo com o previsto e atendendo os prazos diferenciados que foram aplicados neste ano devido à pandemia.

“Vivemos um ano atípico, por isso, ocorreram várias mudanças. O dia da eleição também será diferente, pois a votação vai iniciar às 7 horas em um horário especial para os eleitores idosos. É o momento dos eleitores exercerem a cidadania, escolherem seus representantes, mas tudo dentro dos protocolos de segurança da saúde. A orientação é para levarem a colinha com os números dos candidatos, uma caneta, os documentos, uso obrigatório de máscara, votarem e retornarem para casa em segurança”, finaliza.