Incidência de roubo e de furto diminui em Toledo e na região do 19º BPM

De janeiro a outubro de 2020, houve uma redução de 34,35% em roubos e 10,67% em furtos, se comparar com o mesmo período de 2019, em Toledo. No 19º Batalhão da Polícia Militar (BPM) – que abrange 23 municípios – a diminuição de roubos chegou a 36,80% nos dez primeiros meses de 2020 em relação ao mesmo período do ano passado. As informações foram repassadas pelo comandante da 1ª Companhia do 19º BPM capitão Jimmy Cajuhy Carlesso.

Até outubro do ano passado, 148 roubos foram registrados pela polícia militar em Toledo. Nos dez primeiros meses deste ano, foram 97 roubos. Na abrangência do 19º BPM, ocorreram 359 roubos até outubro deste ano. Em 2019, nos dez primeiros meses foram 568 roubos.

Com relação ao registro de furtos, até outubro de 2019, foram contabilizados 1.162 em Toledo. No mesmo período deste ano foram 1.038 ocorrências do mesmo porte. Na área de atendimento do 19º BPM, os números de furtos chegaram a 3.041 em 2020 e 3.786 em 2019.

AVALIAÇÃO – O capitão Cajuhy explica que o trabalho da equipe policial está integrado, o que resulta no menor registro e, por consequência, queda nos índices tanto de roubos como de furtos. “Acreditamos que essa diminuição se deve ao planejamento e a aplicação do policiamento baseado em dias e nos locais de maior incidência desses crimes. Assim, conseguimos registrar a queda em Toledo como nas cidades de abrangência do Batalhão”.

Durante o período da pandemia em que as escolas estão sem aulas, as equipes também receberam o reforço e o apoio dos policiais que atuam na Patrulha Escolar. “Os policiais trabalharam, diretamente, na rádio patrulha e na prevenção”, revela o comandante da 1ª Companhia do 19º BPM.

Ele complementa que os índices são resultados do bom trabalho realizado, do planejamento, do estudo e da análise dos dados para obter índices favoráveis. “Basicamente, os dados utilizados estão relacionados aos crimes que precisam ser combatidos. No caso de furto e roubo, analisamos a quantidade desses crimes e a evolução a cada mês”.

A equipe policial ainda averigua os locais (ruas e bairros) do município com maior incidência de furto e roubo, além de analisar os dias da semana e os horários.

DESAFIOS – De acordo com o capitão Cajuhy, as regiões com mais ocorrências desses crimes, geralmente, são as com maior concentração das pessoas. Em Toledo, ele cita as regiões Central e da Vila Pioneira. “É algo justificável, porque tem a maior quantidade de pessoas transitando nos bairros e, por consequência, pode aumentar os índices dos crimes”.

Ele destaca que o maior desafio da equipe policial é conciliar a prevenção de crime com o atendimento na comunidade. “Outro desafio é melhorar o contato com a comunidade, pois assim, conseguimos com que mais informações sejam repassadas ao Batalhão”. O capitão Cajuhy enfatiza que quanto antes a comunidade comunicar os policiais dos crimes, melhor será a resposta das equipes.

Da Redação