Início do ano registra oportunidades de trabalho na indústria em Toledo

O ano começou com muitas oportunidades para quem procura uma colocação no mercado de trabalho ou mudar de área. A Agência do Trabalhador de Toledo realizou 64 lançamentos na primeira semana de 2021 com mais de 240 vagas em diversas áreas de atuação.

Quem colocou na lista de metas para 2021 um emprego novo, teve muitas opções. “Começo de ano as pessoas fazem muitas promessas e compromissos. Um emprego novo sempre está entre os primeiros objetivos e nós sentimos nesses primeiros dias essa empolgação nas pessoas quando buscam por uma oportunidade de trabalho”, conta o gerente da Agência Rodrigo Souza.

O setor que mais abriu vagas foi o da indústria de proteína animal, com destaque para a vaga de auxiliar de produção. “Praticamente todas as empresas desse segmento no município abriram vagas no começo deste ano. Nós fizemos os encaminhamentos e cada empresa tem o processo seletivo para então efetivar o candidato. O reflexo dessas contratações nós veremos nos dados do Caged que serão divulgados no próximo mês”, explica.

OPORTUNIDADE – Apesar do volume de vagas ofertadas pela Agência do Trabalhador no começo deste ano, Souza pontua que o mercado de trabalho de Toledo ainda enfrenta a dificuldade de contratar mão de obra especializada.

“Estamos pensando em várias estratégias, inclusive para que o jovem que se forma em Toledo possa continuar na cidade e contribuir para o mercado de trabalho com o seu conhecimento. Também estamos programando para o dia 20 de janeiro um novo diálogo com as empresas para entender qual é o perfil de trabalhador que estão buscando. Desta forma, essas informações irão facilitar a escolha dos cursos mais adequados para a formação de cada candidato”.

O gerente da Agência explica que a equipe está agilizando a realização de novos cursos profissionalizante gratuitos no município. “Estamos alinhando com a equipe de licitação para, assim que definidas quais as áreas de abrangência, queremos agilizar o processo. Muitas pessoas que não conseguem a efetivação no município não têm o Ensino Médio concluído ou falta a qualificação. Neste sentido queremos contratar novos cursos e oportunizar esse conhecimento aos candidatos”, esclarece Rodrigo Souza.

CURSOS – Em 2021, foram disponibilizadas 600 vagas para os cursos profissionalizantes gratuitos em Toledo. Entre os participantes, cerca de 300 foram contratados ao final do curso. “É uma média boa porque nem todos que fizeram o curso estavam desempregados. Muitos estavam em busca de uma qualificação na área e melhor colocação dentro da empresa. Porém, o feedback foi muito positivo. Conseguimos trazer cursos para atender as demandas das empresas e os resultados acompanhamos nos relatórios da Agência do Trabalhador”, afirma ao concluir que os próximos cursos e a quantidade de vagas serão definidos após diálogo com os empresários.

Da Redação

TOLEDO