Mais de 200 estudantes lassalistas participam da Olimpíada Brasileira de Matemática

Neste ano, os lassalistas marcam presença em cinco Olimpíadas Nacionais do Conhecimento

As Olimpíadas do Conhecimento vão além da busca por talentos. Fazem parte do despertar de estudantes para o valor da ciência com base no desenvolvimento de habilidades científicas e socioemocionais. O Colégio La Salle incentiva seus alunos a participarem das jornadas e, a cada ano, os lassalistas voam mais alto.

Só na 16ª Edição da OBMEP – Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas e Privadas, O Colégio La Salle de Toledo conta com mais de 200 alunos do Ensino Fundamental – anos finais e Ensino Médio, participando das provas.

As Olímpiadas, além de contribuírem com a qualificação geral da educação, aproximam os estudantes de Universidades e de áreas científicas e tecnológicas. “O aluno é desafiado e cobrado por conteúdos que, muitas vezes, vão além do previsto no ano escolar que está cursando. São questões complexas, que exigem raciocínios mais elaborados, ou seja, além do aprimoramento científico, lidam com habilidades socioemocionais, como por exemplo, a resiliência, a conquista, a frustração, o trabalho em equipe e a proatividade. Tudo isso, faz dos estudantes pessoas habilitadas, prontas para os desafios da vida pessoal e profissional”, avalia a Coordenadora Pedagógica do Ensino Fundamental, anos finais e Ensino Médio, do Colégio La Salle de Toledo, Josiane Protti.

Os estudantes do Colégio La Salle de Toledo têm marcado presença todos os anos, na OBMEP – Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas e Privadas, na ONC – Olimpíada Nacional de Ciências, na OBA – Olimpíada Brasileira de Astronomia, na ONHB – Olimpíada Nacional em História do Brasil, na OMU – Olimpíada de Matemática, da Unicamp e na Olimpíada Paranaense de Química.

Em cada uma das Olímpiadas, os alunos sempre têm obtido ótimo desempenho, seja na evolução das fases ou na conquista de medalhas ou menções honrosas. “Na Olímpiada de Matemática, que é promovida pela Unicamp, neste ano, temos duas equipes aprovadas para a segunda fase. Na Olímpiada de História, tivemos equipes na terceira e quarta fase, na Olímpiada Brasileira de Astronomia, neste ano, tivemos 24 alunos inscritos e, na OBMEP, temos 202 estudantes participando. Isto mostra a maturidade do estudante lassalista”, comemora a Coordenadora.

O estudante da 2ª série do Ensino Médio, Marcelo Henrique Klimaczewski participa da equipe que foi aprovada para a segunda fase da Olimpíada de Matemática, da Unicamp. “As soluções exigem muito raciocínio lógico e também um pouco de sorte. O trabalho em grupo é muito gratificante, já que quando não avanço na resolução de uma alguma questão, posso pedir ajuda à equipe. Apesar de ser bastante estressante, a OMU me ensinou a fazer trabalhos em grupo de uma maneira melhor e também me ajudou a enxergar os problemas de outra maneira”.

O Diretor do Colégio La Salle, Irmão e Psicólogo, André Muller destaca que a participação dos estudantes nas Olímpiadas, mostra a qualidade do Ensino lassalista. “As provas das Olimpíadas são complexas e quando o aluno se sente encorajado a participar é porque ele tem confiança na qualidade do ensino que está recebendo, e mais, no suporte que o Colégio concede ao desafio abraçado pelo estudante”, esclarece o Diretor.

O Colégio La Salle de Toledo vê nas Olímpiadas uma oportunidade para o estudante aumentar seu repertório, sua capacidade de raciocínio, sua criatividade e, sobretudo se desenvolver como ser humano.

Da Assessoria