Moradores do Gisela constroem espaço de lazer para a comunidade local

Oferecer um espaço tranquilo para a prática esportiva, com segurança e que proporcionasse a união da comunidade foram pontos determinantes para a construção de uma área de lazer no bairro Jardim Gisela. Preocupados com os filhos que não tinham um local adequado para brincarem, os pais daquela localidade se uniram e construíram uma quadra esportiva de areia.

A ideia inicial partiu do morador Clei de Camargo em setembro do ano passado e a estrutura foi implantada, inicialmente, em um terreno que logo foi vendido. Há 20 dias o espaço ficou pronto em outro lote cedido pela moradora Cleusa Welter. No local, cada detalhe foi pensado para proporcionar momentos de lazer com segurança para crianças, jovens e adultos.

O morador da região Jairo Cerbarro conta que o espaço tem atraído a garotada do bairro que agora pode brincar e se divertir com mais segurança. “Eles estão aproveitando o espaço e ainda continuam no nosso ‘radar’. Estão por perto e mais seguros”.

REALIZAÇÃO – Para a concretização da ideia da quadra foram necessárias várias reuniões entre os moradores para definir todos os detalhes do espaço esportivo, inclusive os valores para a construção da quadra de areia que foram divididos entre os moradores da localidade. Com um investimento de baixo custo a quadra ficou pronta em poucas semanas.

No lote ainda foi feito um espaço kids. Mas a quadra de areia não atrai somente as crianças e os adolescentes. O local também tornou-se espaço de lazer para os adultos que buscam uma atividade física para relaxar e descontrair.

“A quadra tem atraído os adultos que também gostam de esportes, aqueles que querem adotar uma atividade física ou apenas curtir a animação dos demais. Já temos formado um time só dos pais e tem sido muito bom. Todos aproveitam o local”, enfatiza Cerbarro.

BENEFÍCIOS – Jairo Cerbarro lembra que a quadra de areia é exclusiva para os moradores do bairro. Porém, a ideia pode ser replicada em outras regiões da cidade. Além de proporcionar momentos de lazer, o espaço contribuiu para melhorar o relacionamento na vizinhança. “Antes algumas pessoas nem se cumprimentavam e o local tem sido muito interessante para aproximar vizinhos que moram tão perto e mal se conhecem. É uma ferramenta muito boa para a convivência”, finaliza.

Da Redação

TOLEDO