Município e BRF debatem sobre gargalos no sistema viário de Toledo

Melhorias no sistema viário de Toledo foram o ponto central do encontro ocorrido na manhã desta quarta-feira (14) na Sala de Reuniões do Gabinete do Prefeito entre representantes da Brasil Foods S/A (BRF) e do governo municipal. Realizado de forma híbrida, com pessoas no recinto e também acompanhando via videoconferência, o debate objetiva solucionar “gargalos” nos arredores da empresa e nas vias por onde os caminhões que transportam matérias-primas e produtos circulam.

As discussões tiveram início na semana passada e desta vez os representantes da BRF deram um passo além: apresentaram um pré-projeto com soluções para pontos de conflito nos arredores da indústria, o que inclui a revitalização da avenida Atílio Fontana, que terá seu canteiro central reduzido e contará com três pistas (sem estacionamento) em cada sentido, dando maior fluidez à principal via de ligação entre os bairros da região Sul (Panorama, São Francisco e adjacências) e o Centro da cidade. “Temos o orçamento do ano que vem fechado, mas podemos incluir esse investimento para ser executado a partir de 2023. Também queremos a colaboração da BRF para cessão de algumas áreas necessárias para outras obras importantes que dependem da cessão de áreas da empresa, como o prolongamento e alargamento da Rua Tomás Gonzaga, a abertura da Rua Mário Fontana até a Rua Garibaldi e extensão do parque linear que margeia o Rio Toledo”, detalha o prefeito Beto Lunitti. 

A partir do conteúdo apresentado, o secretário de Planejamento, Neuroci Antônio Frizzo, comprometeu-se em agilizar, na medida do possível, a execução do projeto. “Vamos pedir a doação deste projeto da avenida Atílio Fontana para a prefeitura. Sobre este e os demais assuntos aqui tratados vamos nos reunir a nossa equipe técnica com a da indústria daqui 15 dias para fazermos andar as etapas necessárias para a execução desta obra”, informa 

Caminhões

Outro gargalo existente na região, a filha de caminhões que aguardam nas imediações do parque fabril para carga e descarga, também foi abordado. “No momento, estamos permitindo que somente veículos com agendamento para entrega ou retirada permaneçam nos arredores. Os demais estão sendo orientados a se deslocar até o posto de combustível Horizonte Azul, na BR 163, no distrito de Vila Ipiranga, enquanto aguardam uma ligação nossa informando que já podem se dirigir às nossas instalações”, explica o diretor de Relações Governamentais da Brasil Foods S.A, Rafael Santos. “No médio e longo prazo, queremos alugar ou comprar uma área ali próxima para montar uma estrutura completa para que os caminhoneiros aguardem sua vez com ainda mais conforto e segurança, interferindo o mínimo possível no trânsito da região”, complementa.

O diretor também ressaltou o compromisso da BRF com o bem-estar da população das cidades onde atua. “Qualidade de vida e segurança de moradores e colaboradores são valores fundamentais da nossa empresa e em Toledo, que sedia uma das principais unidades da nossa empresa, não é diferente. Porém sozinhos não conseguimos promover as melhorias que desejamos e, neste contexto, a parceria com o poder público é fundamental”, avalia 

Anel Rodoviário

Beto Lunitti exaltou o esforço da BRF em colaborar com o município em ações de segurança viária e traçou um panorama do anel rodoviário que cerca a área urbana de Toledo. “Com a duplicação e os viadutos nos principais trevos, os problemas relacionados às BRs 163 e 467 estão resolvidos. Nosso gargalo agora é este trecho não duplicado da Egydio Munaretto entre a BR 467 e a Avenida Primeiro de Maio e da Avenida Atílio Fontana ao trevo da saída para Ouro Verde do Oeste. Como esta via é também a PR 317 e está sob responsabilidade do Governo do Estado, não podemos fazer”, analisa. “As obras neste primeiro trecho, segundo informou o representante regional da Casa Civil, estão para ser licitadas em breve. Quanto ao segundo trecho, temos que unir forças e recursos, como as emendas de bancada, em torno deste projeto, que inclui uma trincheira no cruzamento da Atílio Fontana com a Egydio Munaretto. De todas as formas, temos que dividir tarefas de forma assertiva e definir o que cada órgão pode fazer para que essa necessidade seja atendida”, salienta.

Além de Rafael Santos, a Brasil Foods S/A foi representada pelo gerente executivo da unidade Toledo, Giovani Lazzarin, e pelos diretores locais das áreas industrial (Fábio Lorch), agropecuária (Antônio Viscondi), e pelo gerente de manutenção e engenharia, Mário José Appi. Auxiliaram Lunitti e Frizzo na discussão deste assunto os secretários de Fazenda (Jadyr Claudio Donin), de Desenvolvimento Econômico e Tecnológico, de Inovação e Turismo (Diego Bonaldo), de Habitação, Serviços e Obras Públicas (Neuroci Antônio Frizzo), e de Segurança e Trânsito (Arthur Almeida), que veio acompanhado do diretor Roni Padilha e do engenheiro de tráfego Fabiano Faria. As polícias rodoviárias estadual e federal também marcaram presença: presencialmente, o subtenente Julio Cesar Cargnelutti representou o comandante da 3ª Companhia da PRE (sediada em Cascavel), capitão Roberto Tatibana; remotamente, a PRF participou do encontro por intermédio do Chefe do Núcleo de Policiamento e Fiscalização da delegacia de Guaíra da PRF, Jucelino Mariano da Silva.

Da Prefeitura de Toledo-PR