Munícipio impulsionará recursos para crédito a empreendedores

Impulsionar o crédito para ajudar os empreendedores de Toledo a superarem a crise causada pela pandemia do novo coronavírus e colocar o município no caminho da retomada econômica. Este foi o compromisso firmado pelo prefeito Beto Lunitti durante a prestação de contas que a Sociedade Garantidora de Crédito do Oeste do Paraná (SGC/Garantioeste-PR) realizou na Sala de Reuniões de seu gabinete na manhã desta quarta-feira (13).

Capitaneada pelo presidente do Conselho Administrativo, Edson Carollo, representantes da instituição apresentaram os resultados das operações de crédito realizadas com os aportes realizados pelo governo municipal desde 2015, ocasião em que o convênio entre as partes foi firmado – à época, Lunitti administrava o município. Acompanhado do vice-prefeito Ademar Dorfschmidt e dos secretários Jadyr Cláudio Donin (Fazenda) e Diego Bonaldo (Desenvolvimento Econômico e Tecnológico, de Inovação e Turismo), o chefe do Executivo Municipal exaltou a importância desta parceria e disse contar com ela para colocar em prática seu plano de governo.

Entre as ideias destinadas à ampliação da oferta de crédito barato aos empreendedores locais que esta administração pretende implantar estão linhas específicas para mulheres em situação de vulnerabilidade (Programa Emancipar), para jovens empreendedores (Bora Lá) e de pavimentação asfáltica de acessos a propriedades rurais. “Queremos uma economia a serviço da vida, com oportunidades para o maior número de pessoas para juntos fazermos a travessia por este momento difícil e em breve retomarmos o nível de desenvolvimento de antes da pandemia. Temos certeza que a Garantioeste poderá nos ajudar nesta questão, alavancando o financiamento a empreendimentos de pequeno porte com taxas de juros baixas e condições facilitadas”, salienta. “Passadas as eleições, o momento agora é de trabalhar, deixar as preferências político-partidárias de lado e unir forças pela força do diálogo para tornar o ambiente de negócios em nosso município mais favorável do que já é. O poder público tem o poder de nortear ações que induzem o crescimento socioeconômico, mas quem gera empregos é o empreendedor, que vai receber atenção especial desta gestão”, salienta Lunitti.

Carollo destacou a importância de Toledo para as atividades da Garantioeste, que escolheu a cidade para abrigar a sua sede, a partir da qual associados de 69 municípios da região são atendidos. Anunciou também que a SGC pleiteia junto ao Banco Central do Brasil autorização para operar como cooperativa de garantia de crédito. “Se este processo der certo, seremos a primeira instituição do gênero no país, o que conferirá mais credibilidade e confiança do sistema financeiro em nossas cartas de garantia, que poderão ser aceitas por um número maior de bancos e cooperativas de crédito”, explica.

O prefeito aproveitou o encontro para pedir à Garantioeste a redução ou isenção das taxas de cadastro e abertura de crédito que a sociedade garantidora de crédito cobra dos tomadores de empréstimo. “Grande parte desta quantia vai para a instituição financeira que concretiza a operação de crédito e o restante fica com nossa empresa, que obtém daí sua única fonte de custeio. Mesmo assim, diminuímos pela metade esses valores durante a pandemia e, com a expansão dos negócios e o serviço colocado em escala, será possível reduzi-los ainda mais”, justifica Carollo.

Lunitti e Ademar destacaram que, além do aporte de R$ 125 mil, que já está sendo utilizado, existe autorização legislativa para que mais R$ 650 mil sejam colocados no fundo de aval da Garantioeste. “De saída, vamos repactuar esta lei para que ela fique nos moldes que estamos planejando. Contudo, nosso objetivo, levando em conta as possibilidades financeiras do município, é fazer este valor chegar à marca de R$ 1 milhão”, anuncia o prefeito. “Todos os números apresentados nos deixam muito felizes, pois por detrás deles há sonhos que puderam ser realizados e esta gestão quer potencializar a capacidade transformadora do crédito concedido a quem deseja crescer junto com Toledo”, comenta o vice.

Como a Garantioeste atua

A Garantioeste administra fundos que oferecem a instituições financeiras conveniadas (Sicredi, Sicoob e Cresol, Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul [BRDE], Fomento Paraná e Credisol) a garantia de que o empréstimo (no valor limite de R$ 25 mil) concedido a pequenos empreendedores que precisam para capital de giro e/ou investimento de seus negócios será honrado. Graças a esse aval, os tomadores contam com taxas de juros menores (atualmente em 0,89% a.m., enquanto bancos comerciais cobram até 2,2% a.m.) e maior carência (3 a 6 meses) e prazo para pagamento (até dois anos).

De 2015 até 31/12/2020, a Garantioeste intermediou, a partir do aporte realizado pela Prefeitura de Toledo, 211 financiamentos que somam R$ 3.183.056,34 (média de R$ 15.085,58 por operação). Este montante resultou no pagamento de R$ 622.972,36 em juros, valor R$ 835.326,22 menor do que a estimativa de ágio caso a mesma operação tivesse sido feita por um banco comercial. O resultado deste acesso mais facilitado ao crédito se vê na baixa taxa de inadimplência: 0,68%, muito abaixo da registrada pela SGC e do sistema bancário em geral (entre 2 e 3%).

Idealizado pelo Serviço Brasileiro de Apoio à Micro e Pequena Empresa (Sebrae/PR), a Garantioeste-PR tem como realizadores as associações comerciais e industriais de Cascavel (Acic) e Foz do Iguaçu (Acifi), a Associação Comercial e Empresarial de Toledo (Acit), e do Instituto de Desenvolvimento Regional do Oeste do Paraná (IDR-Oeste) e conta com o apoio da Federação das Associações Comerciais e Empresariais do Estado do Paraná (Faciap) e da Coordenadoria das Associações Comerciais e Empresariais do Oeste do Paraná (Caciopar). Em âmbito regional, instituições como Biopark e as prefeituras de Toledo, Cascavel, Foz do Iguaçu, Terra Roxa, Capitão Leônidas Marques, Itaipulândia e Tupãssi também confiaram na instituição garantidora de crédito para tornar a concessão deste benefício mais acessível a quem deseja empreender.

Da Prefeitura de Toledo-PR