Nova Unidade de Coleta e Transfusão de Sangue possibilitará ampliação nos serviços

As obras das novas instalações da Unidade de Coleta e Transfusão (UCT) de Toledo, vinculada ao Hemepar, estão quase finalizadas. O prédio fica instalado anexo ao Consórcio Intermunicipal de Saúde Costa Oeste do Paraná (Ciscopar), no Jardim Coopagro e vai oferecer maior espaço e conforto aos usuários do serviço e a possibilidade de ampliar os atendimentos.

O secretário de Estado da Saúde (Sesa) Beto Preto visitou o local na tarde da última quarta-feira (21), acompanhado do diretor da 20ª Regional de Saúde (RS) Alberi Locatelli e autoridades do município. Na ocasião, ele comentou da agilidade nos serviços que a nova unidade trará e da parceria com o Município de Toledo para concluir a obra.

“Esta unidade garante maior robustez para o serviço de coleta, pois vai dar suporte para demandas também que virão do Hospital Regional de Toledo quando entrar em funcionamento. O município está sendo um grande parceiro, uma vez que viabilizou a estrutura de acessibilidade na UCT. São instalações modernas, mais confortáveis e que geram economia ao Estado”, comenta o secretário de Estado da Saúde Beto Preto.

INVESTIMENTOS – A obra da nova UCT de Toledo representa uma economia anual de R$ 72 mil aos cofres do Estado, uma vez que a atual unidade é alugada. Já o terreno do novo empreendimento foi doado pelo Poder Público local. O Município de Toledo também viabilizou as obras de calçamento na parte externa, com investimentos de aproximadamente R$ 40 mil.

A nova Unidade de Coleta e Transfusão (UCT) de Toledo é uma estrutura com 863 metros quadrados com investimentos de aproximadamente R$ 2,2 milhões por meio da Secretaria de Estado da Saúde. A nova Unidade ainda vai receber equipamentos e mobiliário. A Secretaria de Estado de Saúde (Sesa) vai aportar cerca de R$ 400 mil para atender o restante da estrutura.

EXPANSÃO – Locatelli explica que após a conclusão da calçada, os trabalhos na nova unidade poderão começar. “É uma estrutura que vai permitir um atendimento melhor para a população e os colaboradores, com mais qualidade e mais humanização”.

Após a inauguração da Unidade de Coleta e Transfusão (UCT) de Toledo, o chefe da 20ª Regional esclarece que os serviços executados serão os mesmos já realizados na atual unidade, como exames pré transfusionais e coletas das bolsas de sangue.

“Porém, a medida que houver a necessidade e com a implantação do Hospital Regional ou outros serviços que justifiquem um aumento ou uma mudança dos serviços como a produção dos hemocomponentes, os fracionamentos das bolsas de sangue coletadas e a produção de concentrados e hemácias, o que for necessário com o tempo e com a demanda de serviço poderemos fazer mais para a frente”.

OUTRAS VISITAS – Além de visitar as obras das novas instalações da UCT de Toledo, o secretário de Estado da Saúde (Sesa) Beto Preto também acompanhou na quarta-feira (21) a vacinação contra a Covid-19 no município de Guaíra. A estratégia de imunização acelerada da fronteira foi iniciada no último final de semana, após o Ministério da Saúde atender o pedido da pasta para o incremento de doses nos lotes regulares ao Estado.

Com isso, o município de Guaíra recebeu 5.450 doses no primeiro pacote dos imunizantes. Além de acelerar o ritmo da vacinação no Paraná, o objetivo de direcionar um quantitativo para a população de fronteira é ampliar a barreira contra as variantes do coronavírus. “A intensão é acelerar a vacinação nesses municípios com grande circulação de pessoas de outros estados e de outros países”, finaliza o chefe da 20ª Regional de Saúde.

Da Redação*

TOLEDO

*Com informações da Assessoria