Panetones: o que fazer com as sobras?

As festividades de fim de ano, como o Natal e o Réveillon, tem práticos típicos das ocasiões. Além do peru de Natal, tender – peça de pernil suíno – bacalhoada, tem os doces que também deixam sobras. Após toda a ‘comilança’ o que fazer com os restos dos famosos panetones?

“Assim como as sobras das ceias das festas o panetone também tem sobras que acabam na geladeira e ‘rolando’ nas mesas e balcões”, cita a nutricionista, Deise Baldo. “A dica é sempre reaproveitar para evitar desperdício de alimentos, mesmo sendo as fatias cortadas é possível reaproveitar”.

Deise orienta a congelar. Ela destaca que o alimento pode durar até três meses no freezer, por isso, não existe desculpa para desperdiçar as sobras, ou não inventar nada com elas logo nos dias seguintes as festividades.

CONGELAR E REINVENTAR – “Geralmente, as famílias terão mais de um panetone em casa. Só isso já gera bastante comida. Todos comem na ceia, na manhã do dia 25, depois do dia 26 e assim logo todos acabam enjoando do doce. Congelar permite ‘dar um tempo’ para o paladar e depois voltar a sentir o sabor de maneira diferenciada”, destaca a nutricionista.

Uma dica é congelar em pedaços e descongelar somente as porções que forem ser consumidas na hora. Elas podem ser aquecidas no aparelho micro-ondas ou no forno convencional, pois assim, é possível manter o panetone saboroso para o consumo.

“Quem dizer fazer algo diferente existem diversas opções”, destaca Deise. “Rabanada fica muito bom, também é possível fazer bruschetta doce, bombom, cheesecake, biscoito, entre diversas outras receitas, basta usar a criatividade e não deixar alimentos que podem ser consumidos serem desperdiçados”, conclui.

Da Redação

TOLEDO