Pesquisa do Procon aponta até 294,29% de variação em material escolar

O Procon de Toledo divulgou nesta sexta-feira (05) o resultado da pesquisa realizada no comércio local entre todas as empresas que trabalham com material escolar: como livrarias, papelarias ou que comercializam de alguma forma esses produtos. A tabela com o resultado da pesquisa aponta itens que chegam a variar 294,29% entre o menor e o maior preço praticado.

Antes do levantamento dos dados, o Procon emitiu um ofício circular para a ciência de todas as empresas. Aquelas que demonstram o interesse em participar do comparativo estão identificadas nominalmente na tabela divulgada pelo órgão. Clique aqui para conferir o resultado.

“Fizemos uma lista dos principais materiais utilizados pelos estudantes, como lápis, borracha, apontador… e relacionamos na tabela para que as pessoas possam consultar o melhor preço. Esta é a forma de podermos contribuir com a comunidade neste período de volta às aulas, pois desta maneira ficará mais fácil planejar as compras do material escolar”, explicou o coordenador do Procon, Wellington de Oliveira.

O ofício circular foi enviado no final do mês de janeiro e a pesquisa foi realizada nos dias 01 e 02 de fevereiro. A verificação é realizada por um fiscal, que leva em consideração o preço etiquetado dos produtos em cada loja. 

A coordenação do órgão está satisfeita com a adesão das empresas que permitiram a divulgação da listagem de produtos e preços. 

Wellington também diz ser fundamental que as pessoas fiquem atentas à descrição dos produtos, como por exemplo o número de matérias e a quantidade de folhas em cada caderno. Para que o consumidor adquira aquilo que realmente precisa e possa planejar as suas compras com base na necessidade real. 

“É importante lembrar os consumidores que os produtos vendidos no comércio local podem ser adquiridos por preços acessíveis e com o diferencial de serem vistoriados pelo Inmetro, atendendo as normas de segurança exigidas no Brasil e que levam em consideração a saúde dos nossos filhos, como por exemplo produtos que não tenham toxinas ou componentes que possam causar danos a pele das crianças. Essa pesquisa é para demonstrar a grande variação de preços e que é bem mais vantajoso que adquirir produtos em outros países”, frisou o coordenador.

O resultado da pesquisa de preços está disponível no site do município (www.toledo.pr.gov.br) na página do Procon. 

Da Prefeitura de Toleod-PR