Potencialidades de Toledo serão apresentadas na Expo Dubai 2020

Já está a caminho do Oriente Médio o grupo de empresários que representará o Paraná na Expo Dubai 2020. Entre eles Diego Bonaldo, secretário do Desenvolvimento Econômico e Tecnológico, de Inovação e Turismo que representará Toledo no maior evento do gênero no mundo, com a presença de 190 países e que espera receber 25 milhões de visitantes entre 1º de outubro de 2021 e 31 de março de 2022 – inicialmente, a exposição estava prevista para 2020, mas foi adiada em virtude da pandemia do novo coronavírus.

Bonaldo e representantes de empresas que almejam expandir seus negócios no exterior e de outros sete municípios (Cascavel, Foz do Iguaçu, Guarapuava, Londrina, Maringá, Pato Branco e Ponta Grossa) apresentarão suas potencialidades e vocações aos participantes do evento. Durante a próxima semana, de 10 a 16 de outubro (domingo a sábado), o Paraná será protagonista do pavilhão do Brasil e o governo estadual capitaneará uma missão técnico-comercial internacional (Paraná Business Experience 2021) viabilizada pela Invest Paraná. “Já participamos dos programas de atração de investimentos coordenado pela Invest Paraná. Em Dubai queremos mostrar aquilo que o município tem de melhor, sobretudo a nossa gente trabalhadora, qualificada, com vocação para empreender. Por tudo isso, quem investir em Toledo terá retorno, pois o desenvolvimento caminha lado a lado com a qualidade de vida e a soma destes fatores garante um crescimento significativo e contínuo”, destaca Bonaldo.

O secretário também vai falar da pujança econômica que Toledo apresenta no campo e na cidade. “O agro produz algo em torno de 650 milhões de dólares por ano, com forte presença no cenário estadual em várias cadeias, como a suinocultura, avicultura, piscicultura e pecuária leiteira. Na indústria também nos destacamos com a presença de empresas conhecidas nacional e internacionalmente no abate de aves e suínos, bem como na fabricação de medicamentos e bebidas. Esse ciclo virtuoso é impulsionado ainda com a presença de dez instituições de ensino superior, sendo que quatro são públicas, sem falar ainda de um grande parque tecnológico que tem trazido para cá importantes inovações tecnológicas”, analisa. “Nosso PIB [Produto Interno Bruto] em 2018 foi de R$ 4,5 bilhões, o que dá uma rende per capita de R$ 35 mil. Queremos ser vistos como um município que tem produção agropecuária de primeira qualidade, mas que oferece bem-estar ao cidadão com ações como o asfaltamento rural de quase 400 quilômetros”, complementa.

Além da mostra propriamente dita, o Paraná Business Experience 2021 prevê a realização de rodadas de negócios destinadas à atração de novos investimentos. “Entre outros compromissos, já temos algumas reuniões agendas, confirmamos participação do evento de lançamento da missão organizado pelo Governo do Estado, faremos uma visita técnica ao porto de Dubai e estaremos num fórum com líderes do continente africano”, detalha.