Pré-candidato pelo Novo aposta em mudanças na política

Não utilizar dinheiro dos impostos do trabalhador para fazer campanha; combate à corrupção no meio político; e desburocratização do Estado, criando um ambiente favorável para quem quer trabalhar e empreender. Estas são algumas das propostas defendidas por Dirceu Soligo como pré-candidato a deputado estadual pelo Partido Novo. Ele, que é de Cascavel, visitou o JORNAL DO OESTE ontem (18) para falar um pouco sobre o projeto do partido que pretende lançar candidatos em 22 das principais cidades do Paraná. “Nosso projeto é construir uma base sólida, com a eleição de uma bancada, tanto na esfera estadual quanto federal e, dessa forma, consolidar o projeto do Novo dentro do estado visando a eleição de 2024”, comentou o pré-candidato.

QUEM É? – Dirceu Pascual Soligo é cidadão paranaense, nascido na comunidade de São Brás, município de Pérola D’ Oeste, sudoeste do Estado do Paraná. Filho de uma família com sete irmãos, pais Armelindo Soligo e Nair Facioni Soligo, um casal de pequenos agricultores, vindos do Rio Grande do Sul, na década de 1960. Dirceu Soligo, é casado com Débora Corbari, tem dois filhos, Letícia Andre Soligo e Pedro Henrique Andre Soligo.

Ele é formado Técnico em Agropecuária, Administrador de Empresas, com pós-graduação em Gestão Empresarial e Formação de Executivos e com MBA em Políticas Públicas e Gestão Governamental.

Representante comercial, Dirceu Soligo construiu uma vasta história como voluntário. Foi presidente e fundador da Associação de Egressos da Univel; foi sócios fundador do Sicoob Credicapital; foi presidente da JCI Cascavel (Câmara Junior); além de presidente comissão de tênis de campo e Conselheiro Deliberativo da Associação Atlética Comercial. Foi ainda líder em Cascavel e região do Partido Novo de 2015 a 2020, sendo escolhido vice-presidente do Diretório Estadual 2020 a 2021.

DIFERENCIAL – Dirceu Soligo acredita que o Novo tem um diferencial que poderá, no futuro, atrair mais pessoas para a política partidária. “Somos um partido que não utiliza dinheiro do Fundo Partidário e onde a escolha de quem será ou não candidato passa por um amplo processo seletivo”, comentou.

Soligo defende ainda o combate a qualquer aumento de impostos para o cidadão paranaense, bem como uma ampla melhoria em setores fundamentais para o desenvolvimento da sociedade, como na educação básica e ensino fundamental, saúde pública, segurança pública e na infraestrutura do Estado

Da Redação

TOLEDO