Procura por cursos do Centro de Ensino de Línguas de Toledo aumentou em 2021

Com a proposta remota e com aulas síncronas nos cursos de inglês, italiano, francês e alemão, o Centro de Ensino de Línguas de Toledo (Celto), da Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste), campus de Toledo, encerra o primeiro semestre deste ano com 200 estudantes e todos maiores de 16 anos. O número é maior em relação ao mesmo período no ano passado.

De acordo com a coordenadora pedagógica do programa Jessica Tomimitsu Rodrigues explica que seguindo a proposta de uma extensão permanente da Universidade, o Centro se propôs desde a metade do ano passado, a migrar as turmas do modo presencial para o modo remoto, respeitando as orientações dos órgãos em Saúde.

Jessica revela que todos os professores são especializados nas áreas que lecionam, portando – ou cursando – Letras, em sua maioria com experiência no exterior e com certificação internacional.

Ainda com a opção, para Língua Inglesa, de iniciar no módulo Fundamental, para quem nunca estudou inglês antes, os cursos de idiomas do Celto seguem o quadro comum europeu, com os seguintes módulos, semestralizados em I e II:

– Básico

– Pré Intermediario

– Intermediario

– Pós Intermediario

– Avançado

Segundo Jessica para ingressar no programa, o participante deve passar por um teste de nivelamento aos candidatos que tem interesse nos níveis a partir de Básico II. O programa emite certificado aos estudantes ao fim de cada módulo.

ATUAÇÃO – Além dos cursos de idiomas, o Celto promove provas de proficiência em língua estrangeira, atualmente com duas atuações distintas. A primeira é a prova de compreensão e interpretação para alunos de pós graduação que precisam comprovar proficiência em segundo idioma, com oferta nos idiomas: inglês, francês, italiano, espanhol e alemão.

É possível optar por grandes áreas de conhecimento: Ciências Biológicas e da Saúde; Ciências Humanas e Sociais e Ciências Exatas e da Terra. Jessica comenta que o investimento da taxa de inscrição é R$150. “Realizamos três aplicações por ano, sendo que a primeira atendeu 20 candidatos, presencialmente, porém, respeitando as orientações de distanciamento”. Outras duas devem acontecer nos próximos meses. A primeira será no dia 20 de julho e a segunda no dia 26 de outubro e também de forma presencial.

A segunda atuação do Celto, em termos de prova de proficiência, tem sido a proposta de Português para Estrangeiros, em que, numa ação integrada com docentes da universidade, pós graduandos e pós graduados Letras, tem se disposto a voluntariamente promover um teste de compreensão de língua portuguesa para estrangeiros residentes no Brasil: haitianos, senegaleses, Bangladesh, enfim.

EXAME – O Centro realizou o exame de proficiência em português para estrangeiros. A prova é realizada duas vezes por ano e serve para os imigrantes conseguirem a documentação junto à Polícia Federal.

A prova teve um total de 100 inscritos, com cerca de 80 candidatos realizando os exames. A prova escrita é a primeira etapa da proficiência. Os alunos que tirarem nota igual ou superior a três (o total da prova escrita é cinco) farão uma prova oral, que será agendada individualmente por meio remoto com cada um deles individualmente. Devido à pandemia de Covid-19, as provas foram realizadas com distanciamento social, uso de máscaras e álcool em gel na entrada das salas.

O candidato Carter Lundi, natural do Haiti, afirma que um dos seus propósitos para fazer a prova é o de ter mais conhecimentos sobre a língua portuguesa, junto de outros objetivos. “Precisamos comprovar o domínio do português para conseguir a naturalização para brasileiro”, complementa Lundi. O resultado final da prova (oral e escrita) será divulgado até o dia 20 de junho, e os certificados de proficiência devem ser emitidos até o dia 20 de julho.

“O Celto emite certificação aos aprovados porém não assegura ao portador do certificado de proficiência a sua utilização para toda e qualquer finalidade desejada, cabendo à instituição receptora (aos entes envolvidos na demanda) a sua avaliação e aceitação”, afirma Jessica.

Quem tiver interesse em participar de algum curso do Centro pode entrar em contato na secretária do Programa, de segunda a sexta, das 13h30 até 18h30, dois primeiros sábados do mês das 9h até 11h. Mais informações também pode ser obtidas pelo telefone (45) 99826-3909, pelo email [email protected] ou atendimento presencial no campus de Toledo, no Bloco do Centro de Ciências Sociais Aplicadas (CCSA) no térreo, sala em frente à escada.

Da Redação*

TOLEDO

*Com informações da Assessoria