Secretaria de Recursos Humanos adota sistema informatizado para controle de horas extras

Com o objetivo de gerar mais eficiência e menor burocracia a Secretaria de Recursos Humanos (SRH) vai implantar o Sistema Eletrônico de Autorização de Horas Extras. Desde a quinta-feira (08) a SRH está treinando os responsáveis pelas autorizações de horas extras nas secretarias.

Até então, os formulários de autorização de Horas Extras (HE’s) vinham sendo realizados de forma manual, o que resultava em morosidade aumentava a necessidade de material de expediente. Com a implantação do novo sistema haverá uma redução de custos, maior agilidade do processo e um controle mais efetivo.

Segundo a secretária de Recursos Humanos, Marta Fath, as horas extras devem ser realizadas apenas em casos extremos, pois representam custo para a máquina pública.

Atualmente, a Secretaria de Saúde é a que gera maior demanda de horas extras, devido à peculiaridade do trabalho e ao quadro epidemiológico. “A pandemia aumentou consideravelmente o trabalho extraordinário dos servidores da Secretaria de Saúde. Com a contratação de profissionais via Processo Seletivo Simplificado e com a redução dos casos, há uma expectativa de se reduzir a demanda de escalas extras”, explicou a secretária.

Da Prefeitura de Toledo-PR