Segurança no trânsito: Blitz Educativa irá conscientizar motoristas e ciclistas

Magrela, bici, bike, pedivela, deusa das estradas e muitos outros apelidos foram dados para a bicicleta. A invenção do alemão Barão Karl von Drais tem mais de 200 anos e a cada dia conquista mais adepto do esporte que já virou estilo de vida. Afinal, a vida sobre duas rodas é mais divertida, mais saudável e menos poluente. Mas ela também precisa ser mais segura.

O Dia Mundial da Bicicleta, lembrado na data de ontem (3), é um convite a uma reflexão dos benefícios que o veículo de duas rodas proporciona, e acima de tudo, conscientizar sobre os cuidados no trânsito. Em Toledo, são mais de duas mil pessoas que praticam essa modalidade dentro de uma equipe, além dos ciclistas independentes.

O bom convívio entre ciclistas, motoristas e pedestres no trânsito é uma das melhores formas de evitar conflitos e até mesmo acidentes. Pensando na segurança, principalmente nas estradas do interior, vai acontecer no próximo sábado (5), uma Blitz Educativa.

AÇÃO – A iniciativa vai reunir o Sindicato das Empresas de Transporte de Carga de Toledo (Sintratol), a Secretaria de Esportes e Lazer, Secretaria de Segurança e Trânsito e os grupos de ciclistas de Toledo. A diretora de Esportes na Natureza da Secretaria de Esportes e Lazer Sandra Schossler explica que a ação será realizada em dois pontos: Novo Sobradinho e Sol Nascente, das 9 horas às 11h30.

“São dois locais no interior com maior número de queixas dos ciclistas por conta da alta velocidade dos veículos. Por isso, o ponto principal é conscientizar os motoristas ao se deparar com ciclistas nas rodovias. A ação será feita com panfletos informativos”.

Sandra lembra que a maior reclamação é com relação aos veículos menores, uma vez que os condutores de caminhões são treinados e cobrados quantos ao respeito a legislação no trânsito. A dificuldade é com relação aos veículos menores, que muitas vezes não obedecem o limite de velocidade de uma estrada rural.

“Com essa ação vamos reforçar as orientações de manter a distância segura ao ultrapassar um ciclista para não expor ao perigo; orientar que em vias sem acostamento, ciclista e motorista têm que dividir a área de rolagem e, por isso, é preciso muita atenção ao se aproximar do ciclista”, conta ao enfatizar que os ciclistas também devem respeitar as leis.

CONSCIENTIZAÇÃO – Além da Blitz Educativa, a Secretaria de Esportes e Lazer e os grupos de ciclistas de Toledo também planejam a instalação de placas de sinalização nas estradas do interior. “Estamos no início do processo com a documentação das placas antigas que serão doadas e reformuladas. Elas terão informações para lembrar ciclistas e motoristas sobre a maneira correta de transitar nas estradas”, explica a diretora.

Sandra lembra que essas ações com ciclistas e motoristas despertam a conscientização para um trânsito mais seguro. “Não adianta o ciclista cobrar algo que ele também não faz. É preciso uma ação conjunta, todos fazendo a sua parte. Só assim teremos uma mudança de comportamento”, finaliza.

Da Redação

TOLEDO