Sem aglomerações: festividades do aniversário do município e show da virada não virão acontecer

Em maio deste ano, durante a Audiência Pública de Prestação de Contas do Primeiro Quadrimestre de 2020, o prefeito, Lucio de Marchi anunciou o cancelamento das festividades de aniversário de Toledo – realizadas na data de 14 de dezembro – e o show pirotécnico do réveillon. A justificativa é diminuir os custos nas comemorações e utilizar os recursos para outros fins, além de evitar aglomerações e o contágio do novo coronavírus.

Na ocasião, a justificativa apresentada foi que o cancelamento das duas comemorações resulta em redução de gastos. “A ideia é investir o recurso que seria empregado nesses eventos em empréstimos junto a Sociedade Garantidora de Crédito do Oeste (Garantioeste)”, comenta o secretário da Fazenda, Balnei Rotta. “Esses empréstimos estão voltados às empresas do município que apresentaram dificuldades econômicas desencadeadas pela pandemia”.

No fim do mês de março, a prefeitura anunciou a disponibilização de linhas de crédito para pequenas empresas junto a Garantioeste. O intuito da iniciativa era auxiliar as empresas a terem capital de giro e dessa forma contribuir com a economia do município.

“A decisão em adiar as duas festividades e manter a mesma conduta neste momento é algo que além da economia de valores para serem aplicados nas pequenas empresas. É uma iniciativa que também visa evitar aglomerações”, reforço o secretário ao salientar que todos ainda enfrentam a Covid-19 e devem adotar posturas que visem à redução do contágio.

APLICAÇÃO DOS RECURSOS – Em julho foi autorizado o aportar em conta corrente bancária específica em nome do Município os recursos no valor de R$ 500 mil, a título de garantia de financiamento a serem concedidos por instituições financeiras, em convênio com a Garantioeste. Os vereadores de Toledo aprovaram o projeto de lei 64/2020. A matéria foi apreciada em regime de urgência e aprovada nos dois turnos, em sessão extraordinária.

O projeto de lei 64/2020 do Executivo teve como principal novidade o aporte de recursos em caso de eventual inadimplência por parte dos beneficiários em seus incisos relativamente a parcela (s) de financiamento por eles obtido perante a rede bancária conveniada com a Garantioeste.

De acordo com o projeto de lei 64/2020, o recurso também pode ser utilizado como capital de giro, para empresas classificadas como microempresas, pequenas empresas e microempreendedores individuais. Além de fomentar as atividades dos produtores da agricultura familiar que estejam incluídos em, pelo menos, um dos Programas: de Aquisição de Alimentos em âmbito federal e municipal (PAA Federal e PAA Municipal); de Agricultura de Precisão no Município ou de Melhoramento Genético (Condomínios de Inseminação da Bacia Leiteira do Município).

SHOW DA VIRADA

A queima de fogos é uma tradição que acontece no Parque Ecológico Diva Paim Barth. A festividade acontece faz muitos anos e atrai milhares de pessoas de diversos municípios da região. Muitas pessoas que curtem a festividade levam cadeiras, bebidas e até mesmo churrasqueiras para comemorar junto as famílias e amigos. Na virada deste ano, a festa reuniu aproximadamente 30 mil pessoas que curtiram o show pirotécnico que teve duração de 12 minutos. Com a pandemia, a orientação é evitar aglomerações, e isso refletiu no evento.

Em maio deste ano, durante a Audiência Pública de Prestação de Contas do Primeiro Quadrimestre de 2020, o prefeito, Lucio de Marchi anunciou o cancelamento das festividades de aniversário de Toledo – realizadas na data de 14 de dezembro – e o show pirotécnico do réveillon. A justificativa é diminuir os custos nas comemorações e utilizar os recursos para outros fins, além de evitar aglomerações e o contágio do novo coronavírus.

Na ocasião, a justificativa apresentada foi que o cancelamento das duas comemorações resulta em redução de gastos. “A ideia é investir o recurso que seria empregado nesses eventos em empréstimos junto a Sociedade Garantidora de Crédito do Oeste (Garantioeste)”, comenta o secretário da Fazenda, Balnei Rotta. “Esses empréstimos estão voltados às empresas do município que apresentaram dificuldades econômicas desencadeadas pela pandemia”.

No fim do mês de março, a prefeitura anunciou a disponibilização de linhas de crédito para pequenas empresas junto a Garantioeste. O intuito da iniciativa era auxiliar as empresas a terem capital de giro e dessa forma contribuir com a economia do município.

“A decisão em adiar as duas festividades e manter a mesma conduta neste momento é algo que além da economia de valores para serem aplicados nas pequenas empresas. É uma iniciativa que também visa evitar aglomerações”, reforço o secretário ao salientar que todos ainda enfrentam a Covid-19 e devem adotar posturas que visem à redução do contágio.

APLICAÇÃO DOS RECURSOS – Em julho foi autorizado o aportar em conta corrente bancária específica em nome do Município os recursos no valor de R$ 500 mil, a título de garantia de financiamento a serem concedidos por instituições financeiras, em convênio com a Garantioeste. Os vereadores de Toledo aprovaram o projeto de lei 64/2020. A matéria foi apreciada em regime de urgência e aprovada nos dois turnos, em sessão extraordinária.

O projeto de lei 64/2020 do Executivo teve como principal novidade o aporte de recursos em caso de eventual inadimplência por parte dos beneficiários em seus incisos relativamente a parcela (s) de financiamento por eles obtido perante a rede bancária conveniada com a Garantioeste.

De acordo com o projeto de lei 64/2020, o recurso também pode ser utilizado como capital de giro, para empresas classificadas como microempresas, pequenas empresas e microempreendedores individuais. Além de fomentar as atividades dos produtores da agricultura familiar que estejam incluídos em, pelo menos, um dos Programas: de Aquisição de Alimentos em âmbito federal e municipal (PAA Federal e PAA Municipal); de Agricultura de Precisão no Município ou de Melhoramento Genético (Condomínios de Inseminação da Bacia Leiteira do Município).

Da Redação