SPM e Coletivos deliberam ações em prol de mulheres vítimas de violência

As situações de violência contra a mulher devem ser combatidas em todos os níveis e pelos diversos setores. Um caso recente de cárcere privado e tortura foi divulgado nesta segunda-feira (05) e motivou uma reunião entre o poder público municipal e os coletivos que auxiliam mulheres vitimadas. O encontro aconteceu na Prefeitura de Toledo e contou com a participação de representantes do Governo Municipal e dos Coletivos ‘Juntas’ e ‘Tenda Mariellas’.

Durante o encontro, o prefeito Beto Lunitti se manifestou bastante solidário à vítima e reafirmou o compromisso com o combate a estas situações. “Precisamos proteger todas as vítimas. Temos um caso que veio à tona e que não pode ficar apenas como estatística”, disse Beto Lunitti. O gestor municipal ainda reforçou a necessidade de construção de soluções conjuntas. “Temos que aproveitar este momento, fazer as coisas para o bem das pessoas. Precisamos colocar o setor público e a economia a serviço da vida”, frisou.

Diante do pedido, a secretária de Política para as Mulheres (SPM), Jennifer Teixeira, por meio de uma ação intersetorial junto com as demais secretarias municipais, buscando um atendimento emergencial. “Vamos atuar neste caso, como já temos trabalhando em outros também. Enquanto uma mulher sofrer violência em Toledo o governo não vai se calar”, afirmou. Jennifer disse ainda que o poder público vai tensionar melhorias no primeiro acolhimento das mulheres em situação de violência, como o atendimento 24h na Delegacia da Mulher. 

Entre as ações já oferecidas pelo poder público municipal está o aluguel social e bolsa auxílio por meio do Programa Emancipar, atendimento médico, hospitalar e acompanhamento psicológico para a mulher e a criança, monitoramento da Patrulha Maria da Penha, apoio para o fortalecimento de vínculos familiares e comunitários e posterior auxílio ao seu retorno para o mercado de trabalho.

Para a representante dos coletivos, Claudia Mallmann, o apoio do governo municipal é importante. “A gente agradece ao prefeito [Beto Lunitti] e a secretária Jennifer [Teixeira] por nos ouvir. Tivemos um bom diálogo. Estamos satisfeitos, tivemos um bom diálogo, mas vamos continuar com a militância em prol da defesa das mulheres e dos direitos humanos. Vamos manter este canal, colaborar com o que for necessário para que essas políticas sejam colocadas em prática”, comentou. 

Da Prefeitura de ToledoPR