Toledo já aplicou 2692 vacinas contra covid-19

A Secretaria de Saúde concluiu nesta quarta-feira (04) a dispensação das doses de vacina recebidas do Ministério da Saúde até o momento. A vacinação começou no dia 20 de janeiro, com os trabalhadores da saúde de alto risco de exposição, conforme preconizado pelo Plano Municipal de Imunização. Toledo recebeu 2.660 vacinas – 1520  Coronavac (Butantan) e 1140 Oxford/AstraZeneca (Fiocruz) – e dispensou o imunizante até os trabalhadores da saúde dos serviços hospitalares e ambulatoriais (clínicas, farmácias e consultórios odontológicos) com mais de 40 anos. 

Toledo conseguiu vacinar 2.692 pessoas. A diferença entre a quantidade recebida e as aplicadas é explicada pelo acondicionamento na ampola. A Coronavac vem em dose única, já a Oxford é multidose, com 10 doses por frasco. “Neste caso, existe uma reserva técnica de imunizante na ampola, levando em consideração que pode haver uma perda técnica durante o manuseio. Isso acontece com outras vacinas, como a da gripe, antitetânica e a BCG”, explicou a enfermeira da Vigilância Epidemiológica, Cleunice Sarturi. A servidora acrescentou ainda que a 20ª Regional de Saúde foi comunicada sobre esta situação.  

Agora, o município depende da liberação de mais doses pela Secretaria da Saúde do Paraná (SESA) para a retomada da imunização. “A vacinação ocorreu de forma tranquila, apesar de parecer um pouco demorada nesta fase, porque existe toda orientação sobre os grupos de trabalhadores da saúde e qual momento eles deveriam ser vacinados. Agora dependemos da chegada de mais doses para continuar vacinando os trabalhadores da saúde e avançarmos para outras fases”, comentou a secretária de Saúde, Gabriela Kucharski. 

Conforme o Plano, na ‘Fase 2’ a imunização será aplicada às pessoas idosas, porém ainda não existe previsão para o seu início. 

2ª dose 

Os trabalhadores que tomaram a primeira dose da Coronavac deverão receber o reforço a partir da semana que vem, conforme o aprazamento das carteiras de vacinação. 

Trabalhadores do primeiro grupo

1. Todos os vacinadores/ aplicadores da vacina contra a COVID-19; 

2. Trabalhadores de Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPI); 

3. Hospitais e Serviços de Urgência e Emergência de referência COVID-19, públicos e privados (SAMU, SIATE, UPA’s, Clínicas de Diálise, Serviços de Oncologia e Serviços Móveis de Remoção, agentes funerários); 

4. Trabalhadores dos Centros de Atendimento à COVID-19 (Unidades Básicas de Saúde referência para COVID – Cosmos e Panorama); 

5. Trabalhadores de laboratórios públicos e privados que coletam e realizam testes laboratoriais e tomografias para a COVID-19; 

6. Trabalhadores da Atenção Primária à Saúde e de Centro de Atenção Psicossocial (CAPS); 

7. Trabalhadores dos demais serviços de Urgência e Emergência, como os Pronto Atendimento (PA) que não são referência para COVID-19 e de hemocentros; 

8. Demais trabalhadores da Vigilância em Saúde; 

9. Trabalhadores dos demais serviços ambulatoriais e hospitalares, trabalhadores atuantes em farmácias, em sistema funerário que tenham contato com cadáveres potencialmente contaminados (COVID-19), cuidadores domiciliares, doulas, e trabalhadores atuantes em áreas administrativas, inclusive da gerência e gestão da saúde; 

10.Trabalhadores de serviços ambulatoriais e hospitalares, públicos e privados, que se encontram em teletrabalho devido pandemia, e demais não listados anteriormente.

Da Prefeitura de Toledo-PR