Toledo promove programação alusiva à 5ª Semana Nacional de Arquivos

Em alusão à Semana Nacional de Arquivos, o Museu Histórico Willy Barth está promovendo uma programação especial. Até sexta-feira (11), o espaço publicará diariamente, em sua página no Facebook, documentos que narram a história do município itens da exposição “Um valioso arquivo de nossa história” – ontem por exemplo, foi postada a digitalização de um material impresso elaborado, no início da década de 1950, pela Industrial Madeireira Rio Paraná (Maripá) apresentando as vantagens de comprar terras em Toledo.

O único dia em que não haverá posts interessantes iguais a este será na quinta-feira (10), quando, às 15 horas, na mesma fanpage, ocorre um bate-papo entre especialistas com o tema “O Núcleo de Pesquisa e Documentação sobre o Oeste do Paraná (Cepedal), no câmpus da Unioeste de Marechal Cândido Rondon, como importante ferramenta na pesquisa e preservação histórica de acervos documentais sobre a região Oeste do Paraná e as populações de fronteira a ela vinculadas”. Participarão da conversa o museólogo do Museu Histórico Willy Barth, Tiago Graule Machado; o membro da cadeira de Arquivos do Conselho Municipal de Política Cultural de Toledo (CMPC), historiador Gustavo Schneider; e o professor do curso de História da Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste) e diretor do Cepedal, Rodrigo Ribeiro Paziani.

A secretária da Cultura, Rosselane Giordani, observa que esta atividade, promovida pelo Arquivo Nacional, está sendo realizada por vários órgãos públicos a acadêmicos de todo o país e que Toledo está aderindo a ela pela primeira vez. “Apesar de ser feita de forma virtual, trata-se de uma oportunidade ímpar de falar sobre os arquivos que contam a nossa história. Existem muitas formas de relatá-la: recortes de jornais, peças publicitárias e documentos oficiais são importantes instrumentos para entendermos a trajetória do nosso município, do Oeste do Paraná”, analisa. “O Cepedal, órgão que será o tema deste bate-papo de quinta-feira, reúne vários registros da história da nossa região, do nosso estado, alguns pertencentes à Fundação Araucária. Aqui em Toledo, o Museu Histórico Willy Barth é o salvaguarda de todo este passado que merece ser contado”, salienta.

Da Prefeitura de Toledo-PR