Toledo será contemplado com um Condomínio do Idoso

No Paraná, as políticas públicas voltadas para o idoso ganham cada vez mais força. Com o objetivo de garantir dignidade e qualidade de vida para as pessoas de mais idade, o Governo do Estado constrói condomínio exclusivo para esse público. O município de Toledo será contemplado com esse empreendimento, de acordo com o deputado estadual e líder de Governo Hussein Bakri, que esteve na cidade na tarde de quinta-feira (3).

Em Toledo, o investimento é superior a R$ 5 milhões. O prefeito Lucio de Marchi já formalizou o documento e, com isso, garante a participação do município como um dos polos para receber o empreendimento. “A Cohapar vai coordenar o processo e o cadastro das famílias é de responsabilidade da Prefeitura e ele será técnico”, afirma Bakri ao complementar que o local vai conter um clube, com piscina, enfim. “Nós vamos valorizar essas pessoas”.

O Condomínio do Idoso é a maior iniciativa de habitação popular do País voltada para a terceira idade, o Programa Viver Mais Paraná atende pessoas acima dos 60 anos sem casa própria, com renda familiar de um a seis salários mínimos. A prioridade de atendimento é para aqueles com menor poder aquisitivo.

O público selecionado pela equipe social da Cohapar pode residir nas casas por tempo indeterminado, ao custo mensal de apenas 15% de um salário-mínimo, que atualmente equivale a R$ 156,75.

O governador Carlos Massa Ratinho Junior já entregou um empreendimento em Jaguariaíva, nos Campos Gerais. Outro condomínio está com obras avançada em Foz do Iguaçu. Por meio da Cohapar, o governo estadual também já assinou contratos para empreendimentos em Cornélio Procópio, Foz do Iguaçu, Irati, Prudentópolis e Telêmaco Borba. Também estão sendo elaborados projetos para Arapongas, Cascavel, Campo Mourão, Cianorte, Dois Vizinhos, Fazenda Rio Grande, Francisco Beltrão, Guarapuava, Londrina, Maringá, Palmas, Pato Branco, Piraquara, Ponta Grossa e Sarandi.

MAIS PROJETOS – Na ocasião, o líder de Governo do Estado disse que novas possibilidades serão discutidas para os próximos 18 meses, pois o pleito eleitoral inicia na sequência e não será possível estabelecer convênio. “Estou à disposição do Município, dos representantes do partido e dos vereadores”.

Bakri cita que é preciso dar continuidade nas ações do Estado em parceria com o Município, como a construção de uma ciclovia, da Delegacia Cidadã e outros projetos voltados na área da Educação.

AVALIAÇÃO – De uma maneira geral, o líder de Governo do Estado avalia que as ações, em 2020, surpreenderam mesmo diante da pandemia. “O Estado conseguiu conciliar o atendimento sanitário com responsabilidade social e deu continuidade nas obras. Se neste momento, estamos no ápice da Covid-19 e ainda assim o Paraná consegue avançar, imagina quando tivermos vacina para a doença e a pandemia for encerrada. O Governo do Estado tem preparado grandes obras para a região Oeste”.

Sobre o resultado das eleições em Toledo, Bakri comenta que o partido tinha o candidato a vice. “Foi uma bela campanha e a diferença de votos foi pequena. Fui prefeito de União da Vitória, mas antes perdi duas eleições. Muitas vezes, a derrota é momentânea, porque ela adia uma vitória. Fui prefeito, fui reeleito e fiz o meu sucessor. Duas coisas aprendi: nunca prometa o que você não pode cumprir e se prometer cumpra e trate as pessoas com respeito”.

Ele salienta que o pleito eleitoral está encerrado e a relação institucional deve ser boa. “O prefeito eleito representará a população de Toledo e será respeitado como tal. Ele munido com bons projetos e indo para Curitiba, as portas estarão abertas”.

Sobre os encaminhamentos do então candidato a vice, o vereador Marcos Zanetti, Bakri destaca que ele é uma jovem liderança, um home capacitado e competente. “Ele deverá fazer parte do Governo Estadual, seja em uma estrutura ou em extensão. Uma nova notícia deverá ser apresentada nos próximos dias ou no começo de 2021”.

Da Redação