Uma assistência com excelência

A Associação Beneficente de Saúde do Oeste do Paraná (Hoesp) é instituição de referência em ortopedia, terapia nutricional, captação de órgãos, gestação de alto risco, UTI Neonatal e Covid-19. Ela recebe pacientes de 18 municípios da 20ª Regional de Saúde, prestando um importante atendimento para a população da região Oeste.

Há 15 anos foi realizada primeira captação de múltiplos órgãos para transplante na Hoesp/Bom Jesus, começando uma jornada que colocou a instituição como referência na captação de órgãos no Estado do Paraná. O primeiro caso aconteceu no dia 20 de outubro de 2006, após o diagnóstico de morte encefálica de um paciente do sexo masculino, de 47 anos, transferido do Município de Guaíra, vítima de traumatismo crânio encefálico.

O enfermeiro e coordenador da Comissão Intra Hospitalar Doação Órgãos e Tecidos para Transplantes, Itamar Weiwanko conta que, aproximadamente 180 processos já aconteceram sendo somente o diagnóstico com a captação de órgãos. Nos últimos cinco anos a média se fixou com maior intensidade em 25 protocolos anuais. “Um doador pode ajudar até dez pessoas, portanto inúmeras famílias a nível de Brasil já foram atendidas ou salvas com a generosidade de outras famílias que a Hoesp/Bom Jesus prestou o atendimento”.

PROTOCOLOS – A captação de órgão é um dos processos mais complexos dentro da medicina, segundo Weiwanko. Ele envolve uma equipe de multiprofissionais com capacitações especializadas no processo onde, primeiramente, é necessário o diagnóstico do potencial doador, a manutenção hemodinâmica e a abordagem familiar para o consentimento das transferências de órgãos.

Em 2020 foram realizados 21 protocolos e autorizações e, neste ano a Hoesp/Bom Jesus contabiliza até o momento, 15 protocolos diagnosticados e com 15 autorizações para doações de órgãos que correspondem a 100% na efetivação. Um trabalho que coloca a instituição em destaque nacional.

“Esse reconhecimento a nível de Brasil e Estado se dá ao trabalho em conjunto de inúmeros profissionais de diferentes áreas específicas pois exige protocolos, normativas e legislações a serem respeitadas no processo para, posteriormente, este trabalho ser validado por profissionais da Central Estadual de Doação de Órgãos”, explica Itamar Weiwanko.

CUIDADO – Outro trabalho importante desenvolvido pela Hoesp/Bom Jesus é na UTI Neonatal. O setor começou os primeiros atendimentos em 19 de janeiro de 2000 com seis leitos. Atualmente, a Unidade conta com 11 leitos, sendo dez credenciados ao Sistema Único de Saúde (SUS) e um para convênios.

Neste período foram atendidos 816 bebês recém-nascidos com diversos tipos de patologia, sendo a maioria bebês prematuros seguidos pelos recém-nascidos com desconforto respiratórios e as malformações.

O pediatra e coordenador da UTI Neonatal Joao Pedro Câmara cita que o tempo de permanência dos bebês na Unidade é em média de 30 dias. “Um dos menores recém-nascidos foi do sexo feminino pesando 505 gramas que permaneceu por 118 dias na Unidade. Quando teve alta hospitalar retornou ao município de Diamante do Oeste”.

A UTI Neonatal da Hoesp/Bom Jesus é um dos setores que sempre contou com a colaboração e apoio da comunidade para continuar o trabalho de assistência hospitalar aos recém-nascidos. Câmara conta que o grande projeto que faz a diferença na Unidade é o Projeto Pequeno Amor fundado inicialmente por uma mamãe da comunidade que teve filhos gêmeos.

Igrejas, escolas, clubes de serviço como Rotary, entre outras entidades também contribuem com equipamentos essenciais para tratamento aos ‘pequeninos’ além de doações anônimas. “Esses gestos só beneficiam realmente aqueles que precisam. A UTI Neonatal da Hoesp/Bom Jesus possui um aparato tecnológico para seus atendimentos que chegam desde o país vizinho, como o Paraguai e toda a 20ª Regional de Saúde. Temos equipamentos doados pela Secretaria do Estado da Saúde (Sesa) e outros pela comunidade, como cinco CPAP, três incubadoras duetos de última geração, três monitores multiparametros e um ventilador mecânico”, conclui.

Live Solidária

Será realizada hoje (17), a partir das 20 horas uma live solidária em celebração dos 50 anos da Hoesp/Bom Jesus. O evento será realizado no Empório Santa Maria e transmitido na página oficial do Hospital Bom Jesus no Facebook e no canal do Radar BO no Youtube. A live terá a participação de músicos do grupo Doctors In Concert além de homenagens. Durante a live a comunidade poderá ajudar a instituição através de doação via Pix: 06958776000103 (CNPJ – PicPay). Toda a arrecadação será revertida para melhorias prediais internas.

Da Redação

TOLEDO