Venda de moto em Toledo acaba em golpe duplo e na Delegacia

A semana começou agitada para a Polícia Militar em Toledo. Um homem chamou os policiais até um Cartório da cidade e disse ter visto no “Facebook” um anúncio referente à venda de uma motocicleta marca Honda, modelo Biz 125, pelo valor de R$ 9.000,00. Ainda de acordo com o homem, ele entrou em contato com uma pessoa que se identificou como vendedor, e após conversarem pelo WhatsApp, foi repassado um endereço para que a vítima fosse ver a motocicleta.

Até aí tudo ‘normal’. O solicitante foi até a frente de um colégio e conversou com o vendedor, que mostrou a motocicleta e no ato confirmou a versão que supostamente teria sido repassada por um suposto primo.

Os envolvidos foram então ao cartório onde a vítima recebeu orientação do golpista para que fosse realizado o pagamento na conta do Mercado Pago, em nome de uma mulher. Dessa forma, foi realizada a transferência eletrônica no valor de R$ 8.700,00. Após a transferência ambos perceberam que haviam caído em um golpe, pois o proprietário não quis assinar o recibo por não ter caído o dinheiro em sua conta, o que seria feito pelo golpista.

O proprietário da moto relatou que havia feito o anúncio da venda da motocicleta pelo valor de R$ 12.700,00 no Facebook e que o vendedor havia feito contato pelo mesmo número do solicitante, relatando que venderia a motocicleta abaixo do valor de mercado a um sócio em razão da dissolução de uma sociedade empresarial e que o proprietário não deveria tratar de valores com o solicitante/comprador, pois a aquisição pelo valor real seria feita com ele.

Diante do fato, o proprietário por não ter recebido o valor real da venda, percebeu que havia caído em um golpe.

Diante do relato e das evidências do crime de estelionato, a equipe policial apreendeu a motocicleta e encaminhou ambas as partes e a motocicleta para a 20ª SDP para que fossem apuradas as circunstâncias na negociação.