‘As Viúvas’ é o destaque da tela Quente, às 23 horas

Houve o astro norte-americano Steve McQueen, que virou sinônimo de velocidade na tela – Fugindo do Inferno, Bullitt – e ganhará retrospectiva no ano que vem, no CCBB. E há o cineasta britânico, nascido em Londres, em 1969, e responsável por filmes como Fome, Shame e 12 Anos de Escravidão, que venceu o Oscar.

Negro, de ascendência caribenha, McQueen ganhou fama, e reconhecimento, como artista visual. Nesta segunda, 9, a Globo mostra na Tela Quente, às 23h, o thriller As Viúvas. É a adaptação de uma série britânica de sucesso nos anos 1980. Embora o foco não esteja no racismo, o tema aparece na trama, até porque a protagonista é interpretada por Viola Davis.

Vidas negras importam – para alguns. Logo no começo, o grupo de Liam Neeson é desmantelado – e morto – numa tentativa de assalto. Viola é sua viúva. Reúne as viúvas dos demais criminosos para um novo golpe. Michelle Rodriguez, Elizabeth Debick, Cynthia Erivo entram em cena. Elizabeth está em Tenet, nos cinemas. Há uma reviravolta importante no (pré)desfecho. Preste atenção na cena em que Colin Farrell, aspirante a político, dirige o carro da parte pobre de Chicago para a área das mansões. Ele não precisa dizer nada. A paisagem revela o estado do mundo.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *