Clássicos Positivo encerra programação de 2020 com orquestra social

O Grupo Positivo apresenta, no próximo sábado (19), o Concerto de Natal com a Orquestra Jovem Alegro (OJA), organizada pela Associação Musical Alegro, entidade social que promove o ensino de música clássica para crianças e jovens em situação de vulnerabilidade social no Paraná, a qual recebe o apoio do Positivo desde 2019. O espetáculo será apresentado gratuitamente no canal do Grupo Positivo, em evento no Youtube, às 11h.

O concerto inclui uma programação didática, na qual haverá explicações sobre cada peça do programa e o contexto histórico das composições, que inclui Quarteto de cordas op. 74 n. 10, de Beethoven, além da apresentação de Concerto para 2 violinos, 2 cellos, de Vivaldi. Os músicos executam ainda composições de Villa Lobos, entre elas Bachiana Brasileira n.9, além de canções folclóricas natalinas.

O programa do Festival é composto por obras de grandes gênios da música clássica, com estilos que vão do Barroco ao Contemporâneo. A Associação Musical Alegro, instituição mantenedora da OJA, foi criada pelo músico britânico radicado em Curitiba Edward Matkin, com o objetivo de fomentar o desenvolvimento de um sistema de orquestras jovens no Paraná, inspirado em outros projetos de sucesso no Brasil e no mundo. “Não somos apenas uma organização que proporciona educação em música erudita a crianças que vivem em situação de risco. Somos uma associação com visão, missão e metas fincadas na transformação de realidades sociais por meio da educação musical de excelência”, afirma Matkin.

O concerto, que faz parte do III Festival OJA, é o resultado dos três pilares que compõem a Alegro: Orquestra Jovem, com os melhores músicos, que participaram de uma seleção nacional de bolsistas para o Festival; Orquestra Infantil, que reúne crianças que fazem parte dos sete núcleos de ensino de Curitiba e Região Metropolitana; e, o terceiro, a partir dos núcleos apoiados. “É o ápice das atividades anuais da Alegro, culminando uma longa cadeia de iniciativas que possibilita uma apresentação musical tão elaborada”, afirma Matkin. 

A Alegro atua em Curitiba desde 2016. Sua força está no notável grupo de apoiadores e parceiros, dentre eles o Grupo Positivo. Destaca-se a parceria com o Conselho das Escolas Reais de Música Britânica (ABRSM), maior organização de avaliação mundial de música erudita, presente em mais de 93 países e que tem como patrona a rainha Elisabeth, da Inglaterra. Também se destaca o apoio estratégico da embaixada britânica no Brasil por meio dos consulados. E, ainda, a parceria com o maestro inglês Sir John Eliot Gardiner, da Monteverdi Choir and Orchestra.

A Alegro também comemora a criação da Orquestra Infantil Alegro, formada por crianças que participam dos núcleos apoiados pela associação. Atualmente, a Alegro apoia sete núcleos de ensino que proporcionam acesso à educação musical a mais de 450 crianças em diversos tipos de vulnerabilidades sociais que, de outra forma, não teriam esta oportunidade. Os projetos parceiros, altamente reconhecidos por seus bons resultados, incluem Gato na Tuba (em Piraquara), Música no Bairro (Almirante Tamandaré) e Filarmônica Antoninense (Antonina). Em comum, são projetos nos quais os alunos têm a oportunidade de estudar um instrumento e encontrar na música um suporte para os desafios do cotidiano e um caminho para o futuro. “Acreditamos que a música orquestral é para todos. Por isso, investimos na formação e no desenvolvimento musical e artístico das crianças e jovens dos projetos que apoiamos”, ressalta Matkin.

O espetáculo faz parte do projeto Clássicos Positivo, que oferece, desde 2018, uma programação anual de concertos eruditos de alta qualidade, investindo na promoção de novas plateias eruditas. “A música clássica contribui para o desenvolvimento de valores e virtudes nos indivíduos, pois suas composições são estruturadas a partir de princípios fundamentais como equilíbrio, harmonia, simetria, clareza e perfeição formal. Com isso, e ao promover a expressividade, a sociabilidade e o sentido de cooperação, a música clássica desenvolve valores como ética, disciplina e respeito”, justifica o presidente da Positivo Educacional, Lucas Guimarães. A programação tem início às 11h, no canal do YouTube do Grupo Positivo (www.youtube.com/GrupoPositivoInstitucional).